AgeRio contrata banca examinadora para concurso


A AgeRio (Agência Estadual de Fomento do Rio de Janeiro) divulgou que a publicação do edital de seu concurso ocorrerá em breve.

Isto é, em razão da formalização de contrato com a banca examinadora responsável pela coordenação do processo seletivo.

Assim, de acordo com o extrato que a agência publicou na última quinta-feira, 02 de junho, a banca que realizará o certame será a Fundação Cesgranrio.

O contrato foi formalizado no último dia 02 de maio e, assim, terá validade por um período de 02 anos. Durante este prazo, então, o todas as etapas do processo seletivo ocorrerão.

Nesse sentido, a expectativa é de que ocorra a publicação do edital em breve. Desse modo, os cidadãos que se interessam nas vagas poderá conferir todas as informações sobre as etapas do concurso.

Veja também: UERJ anuncia Concurso público para Professor Adjunto

De acordo com a AgeRio, sua publicação deverá ocorrer no decorrer dos próximos meses.

Concurso deverá contar com cadastro de reserva

Segundo documento da AgeRio, de novembro de 2021, seu próximo concurso se destinará à formação de cadastro de reserva. Portanto, não haverão vagas imediatas para todos os candidatos. Isso significa que, dentro do prazo de validade do concurso, aqueles que obtiverem a aprovação poderão ser chamados, sem uma quantidade específica.

Além disso, no que diz respeito a quais serão os cargos da seleção, desde o ano de 2018, há a expectativa de oportunidades para analista de desenvolvimento, engenheiro e advogado.

No entanto, a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro publicou que também ofertarão vagas para a formação de cadastro de reserva para o cargo de assistente.

Esta oportunidade, então, exige que o candidato possua pelo menos o ensino médio. Até o momento, contudo, informações como salário e carga horária ainda não foram publicadas.

Para a vaga de analista, o candidato deve comprovar nível superior independente da área de formação. Assim, o cargo conta com um salário inicial de R$ 5.261,88.

Por fim, para as carreiras de engenheiro e advogado, a remuneração prevista deverá ser de R$ 8.233,42, em ambos os cargos.

É importante frisar que a AgeRio efetua suas contratações em regime celetista, ou seja, dentro das regras da CLT (Consolidação de Leis Trabalhistas). Com isso, os funcionários deverão receber, além do salário e vale transporte, outros benefícios como, por exemplo:

  • Auxílio alimentação de R$ 562,76;
  • Auxílio refeição de R$ 776,31;
  • Planos de saúde e assistência odontológica;
  • Auxílio creche ou babá;
  • 13ª cesta alimentação.

Último certame ocorreu em 2014

O último concurso da AgeRio ocorreru durante o ano de 2014. Na época, então, houve a oferta de 15 vagas para cargos de nível superior.

Deste total, 03 foram para o cargo de advogado, 02 para engenheiro civil e 12 para a vaga de analista de desenvolvimento.

Ademais, o concurso contou com a organização da Fundação Don Cintra. Isto é, banca examinadora responsável por todos os trâmites da seleção.

O evento, então, contou com realização de um exame discursivo e objetivo para todos os cargos.

Veja também: Concurso IMA MG terá 132 vagas para níveis médio e superior

Assim, a prova objetiva das áreas de Economia, Administração e Contabilidade contava com:

  • 10 questões de Língua Portuguesa
  • 10 de Raciocínio Lógico
  • 40 de Conhecimentos Específicos

Como funciona a AgeRio?

O cidadão que deseja trabalhar na AgeRio deve conhecer bem as funções do órgão.

Nesse sentido, a Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro, a AgeRio, foi criada no ano de 2012. Desse modo, seu objetivo é de promover um maior crescimento do desenvolvimento econômico em todo o Estado do Rio de Janeiro.

Por esse motivo, a AgeRio realiza investimento em diversos projetos e empresas, que variam da micro a grande empresa.

Para tando, a agência usa de verbas próprias e outros repasses por meio de linhas de crédito do Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), da Caixa Econômica Federal e da Financiadora de Estudos e Projetos (Fin).

AgeRio liberou R$ 100 milhões em crédito para empreendedores

De acordo com informações da Agência de Fomento do Estado do Rio de Janeiro (AgeRio), durante o primeiro trimestre de 2022, a instituição movimentou cerca de R$ 100 milhões a 2110 empreendedores fluminenses.

As operações passaram a quantia do ano passado, quando a AgeRio destinou cerca de R$ 17,52 milhões em linha de crédito para 532 clientes.

O atual presidente da instituição, André Vila Verde, declarou que os resultados da AgeRio fazem parte de um excelente trabalho de toda a equipe responsável pela operacionalização de crédito já existente.

 “Atravessamos os três primeiros meses desse ano com resultado operacional muito bom e mostrando, mais uma vez, que o time da Agência tem capacidade para trabalhar frente a desafios inesperados. A AgeRio tem consolidado cada vez mais suas linhas de crédito, promovendo importante fomento ao desenvolvimento da economia fluminense e demonstrado que tem capacidade para atender rapidamente às necessidades que surgem para apoiar os negócios de todo o estado, pontuou Vila Verde. 

Veja também: Concurso TCE RJ Procurador divulga Regulamento

Durante o ano de 2021, a agência registrou o maior resultado desde a sua criação. Isto é, quando mais de R$ 413 milhões foram a 24.393 empreendedores do estado do Rio de Janeiro, o que representou um crescimento de 218% em concessão de crédito.

Governo libera linha de crédito para comerciantes

Com o objetivo de estimular o crescimento econômico nas localidades do Jacarezinho e da Muzema, a AgeRio montou um posto avançado nas duas comunidades desde o início do programa Cidade Integrada.

Desde sua criação, então, houve o atendimento de cerca de 2.805 comerciantes locais. Ademais, ocorreu a liberação de mais de R$ 18 milhões por meio de linhas especiais de crédito aos microempreendedores.

Além disso, a gestão estadual buscava entender qual seria a melhor maneira de atuar para auxiliar os comerciantes locais das comunidades. Assim, optou por organizar um censo, em que 260 estabelecimentos foram visitados na Muzema, 340 na Tijuquinha e 169 no Morro do Banco.

Por meio da ação, o governo espera conseguir traçar metas que se direcionem aos microempreendedores, com o objetivo de melhorar as linhas de créditos.

Com isso, o principal objetivo é de promover um melhor índice de desenvolvimento dos negócios locais, que poderão recorrer aos recursos a fim de melhorar seus estabelecimentos comerciais.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos