25 C
Penedo
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -


Todo texto escrito nesse blog é de responsabilidade do seu autor, não significando necessariamente o pensamento deste site.

Câmara cassa mandato do vereador Douglas Simões em Feliz Deserto

O vereador Douglas Simões (REPUBLICANOS), teve seu mandato cassado em sessão extraordinária realizada nesta segunda-feira, 06, na Câmara Municipal de Feliz Deserto. Com 2/3 do que rege o decreto 201/67, o vereador foi cassado com sete votos, enquanto apenas um parlamentar votou contra a cassação e uma abstenção também foi registrada em ata.

A motivação da cassação de Douglas Simões, se deu por conta da quebra de decoro parlamentar, após o edil protagonizar diversas discussões acaloradas na casa de leis de Feliz Deserto, sendo em uma delas, necessário acionar a Polícia Militar para conter os ânimos acirrados. A sessão contou com a participação do suplente Genivaldo Caetano dos Santos (PP), suplente do vereador Reginaldo Barreto que ficou impedido de votar por ser o Autor da Denúncia.

Em seu discurso de defesa, Douglas apresentou diversas portarias de nomeação em cargos públicos de comissão na Prefeitura Municipal, as quais ele se referiu como frutos da indicação dos ex-colegas de parlamento. A sessão foi presidida pelo vereador Jau do Zezinho. e Douglas que foi o vereador mais votado em 2020, terá a partir de agora ocupando sua cadeira, o vereador Antonio José Possidônio dos Santos que é o primeiro suplente do vereador cassado.

A passagem meteórica de Douglas Simões pela Câmara Municipal de Feliz Deserto, mostrou uma face do jovem operador do direito, ao qual os colegas de Câmara se colocaram como constrangidos e insultados ao ponto de render debates com troca de farpas que terminou por gerar a cassação do ex-vereador, sendo entendido pela maioria a real quebra do decoro parlamentar.