Conheça 3 segmentos de franquias que mais cresceram no último ano


Alguns dos critérios mais aplicados para definir quais os segmentos de franquias que mais cresceram no último ano é a capacidade de sobrevivência a crises e a reputação da marca no mercado financeiro. Esses fatores, desse modo, se mostram como influentes diretos na rentabilidade e na lucratividade de qualquer tipo de negócio.

Afinal, os 3 últimos anos foram difíceis para a maioria dos setores de franchising mundial, mas felizmente muitas das franquias conseguiram iniciar seu processo de recuperação agora em 2022. Com isso, alguns segmentos obtiveram mais destaque do que outros, tornando-se pioneiros no que diz respeito ao restabelecimento de suas finanças.

Conheça 3 segmentos de franquias que mais cresceram no último ano
Conheça 3 segmentos de franquias que mais cresceram no último ano. Foto: Canva Pro

Confira 3 segmentos de franquias que mais cresceram no último ano

O setor de franchising como um todo, mesmo com os desafios impostos pela crise, ainda conseguiu se mobilizar com um crescimento de 10% em relação ao seu faturamento no ano anterior. Assim, esses dados evidenciam a potencialidade e a solidificação desse ramo no mercado financeiro. Desse modo, sanando as demandas empresariais dos empreendedores de plantão.

Com isso, agora como elemento de bastante importância para a economia do país, o setor teve destaque com 3 segmentos de franquias que mais cresceram nesse último ano: entretenimento e lazer; casa e construção; hotelaria e turismo. Dessa forma, essa tríade conseguiu contribuir para o faturamento final de mais de 185 bilhões de reais em 2021.

Entretenimento e Lazer

Apesar de ter sido a mais afetada pela pandemia da COVID-19, esse segmento foi aquele que apresentou o maior desenvolvimento do ano passado, com alta de 21,2%. Segundo o consenso atual, esse aumento ocorreu devido à flexibilização das leis de quarentena. Consequentemente, acabou por estimular a população a consumir entretenimento de modo muito acelerado para compensar o tempo em isolamento.

Com isso, essa área está, no momento, voltando a ser um dos principais alvos de investimentos dos potenciais franqueados, pois obtinha um lugar de muito destaque no mercado antes da pandemia. Assim, as expectativas para 2022 permanecem altas e sólidas, pois o consumo de lazer está mantendo um ritmo de crescimento favorável para as empresas.

Além disso, esse tipo de negócio é muito amplo, o que gera diversas opções para pequenos e grandes investidores. A consequência é que o setor acaba por ser uma boa alternativa para quem deseja uma renda extra, pois sua administração pode ser feita, simultaneamente, com outro serviço.

Casa e Construção

Um dos comportamentos populacionais mais proeminentes durante o período pandêmico foi o de reformar a própria casa. Assim, como resultado direto do isolamento social, as pessoas passaram a buscar novas formas de passar o tempo dando atenção aos detalhes da sua residência. Com isso, o setor de Casa e Construção terminou entrando na lista dos 3 segmentos que mais cresceram no último ano.

Segundo a Associação Brasileira de Franchising, o ramo obteve uma alta de 19,3% no ano passado e mantém boas perspectivas de aumento para esse ano. Isso ocorreu também porque já existia um reconhecimento de um balanço positivo do setor mesmo antes da crise econômica. Logo, fez com que a sobrevivência ao período fosse relativamente mais fácil.

Ainda, outro ponto contribuinte foi o crescimento de grandes obras empresariais, principalmente em algumas regiões do país. Esse curioso fato acabou por aquecer a área de construção civil de uma maneira mais geral, o que intensificou todo o processo descrito acima.

Hotelaria e Turismo está em terceiro nos segmentos de franquias

O setor de hotelaria e turismo também está entre os 3 segmentos de franquias que mais cresceram no último ano, fechando com uma alta de 19% no seu faturamento anual. Dentre os três, foi aquele que desenvolveu sua recuperação de modo mais difuso entre os meses do ano. Assim, tendo o seu pico de crescimento apenas a partir de outubro de 2021, com alta de 15,8%.

Posto isso, esse avanço somente ocorreu com o progresso da imunização da população geral, pois foi o momento de maior retomada das atividades cotidianas. Além disso, as vacinas possibilitaram a volta de viagens regulares, bem como eventos de grande escala, o que impulsionou ainda mais o setor durante o decorrer do ano.

Dessa maneira, o turismo, principalmente, pôde crescer rapidamente e retornar a sua posição de liderança em alguns estados do país. À título de exemplo, temos alguns estados do nordeste, os quais possuem sua economia com foco para esse segmento.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos