FGTS: Trabalhadores que investiram na Eletrobrás já tiveram seus valores aplicados


A liquidação da oferta de ações da Eletrobrás com o saldo do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) encerrou. A Caixa Econômica Federal repassará os valores das contas dos trabalhadores.

Vale ressaltar que a quantia referente à compra das ações já está visível no extrato do FGTS. Para isso, basta acessar o aplicativo do órgão. Feito isso, clique na opção “Meu FGTS”, que mostra os valores para o FMP-Eletrobrás (Fundo Mútuo de Privatização da Eletrobrás).

A demanda da compra das ações por parte dos trabalhadores ultrapassou o teto estabelecido de R$ 6 bilhões, acionando a reserva de ações da Eletrobrás. Segundo as informações, a demanda total ficou entre R$ 8,8 bilhões e R$ 9 bilhões.

Novo saque do FGTS liberado; veja quem pode sacar até R$ 6.220

No que se refere a devolução parcial, aquele que reservou R$ 200 (valor mínimo), tiveram a conversão de R$ 133,58 em ações da Eletrobrás. Quem investiu R$ 10 mil, por exemplo, teve R$ 6.679 convertidos. Já quem destinou R$ 50 mil, teve R$ 33.395 aplicados.

Cabe salientar que o valor de retorno para a conta do FGTS do trabalhar continuará rendendo pela Taxa Referencial do Fundo de Garantia mais 3% a cada ano. O processo de débitos dos valores da conta dos trabalhadores havia começado desde a última semana.

“Os valores não utilizados na aplicação serão desbloqueados”, explicou a Caixa em nota.

No caso de dúvidas, o cidadão pode acessar os canais de atendimento da Caixa, sendo os telefones: 4004-0104 (capitais e regiões metropolitanas); e 0800-104-0104 (demais regiões).

Processo de privatização

Até o momento, o processo de privatização da Eletrobrás já movimentou R$ 29,29 bilhões. Isso porque, além do investimento dos trabalhadores, também estão participando os investidores de varejo, investidores estatais e os chamados fundos de hedge (que buscam proteção).

De acordo com a Eletrobrás, até 11 de julho será oferecido um novo lote de até 104,6 milhões de ações, o montante corresponde a 15% do total disponível. Essa ação marcará o fim do processo de privatização. A expectativa é que sejam movimentados R$ 4,39 bilhões.

FGTS extraordinário

O FGTS é um direito do trabalhador que é liberado em situações específicas, e é destinado para as pessoas que possuem assinatura na carteira, ou seja, cidadãos que tenham sido trabalhadores formais em determinado momento da carreira.

Normalmente, o saldo é liberado nos casos em que o empregado é demitido sem justa causa, ou no momento em que ele precisa comprar um imóvel. O Governo também pode liberar o montante em situações de desastres naturais.

Especificamente sobre esta liberação do FGTS extraordinário, o objetivo do Governo Federal é fazer com que as pessoas ajudem a economia a girar, visto que a situação econômica do país ainda não foi totalmente recuperada. Veja como receber.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos