IBGE: Saiu o edital com 48.535 vagas para recenseador, de nível fundamental


Saiu o edital. Foi divulgado na manhã desta quinta-feira (09), mais um edital complementar do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). De acordo com o documento publicado, estão sendo ofertadas 48.535 vagas no cargo de recenseador, de nível fundamental.

A princípio, as oportunidades abertas neste edital são referente ao quantitativo de vagas que não foi preenchido no concurso recente do IBGE, que abriu mais de 206 mil vagas em todo país, sendo 183.021 apenas para o cargo de recenseador.

Segundo o IBGE, o novo edital complementar tem o objetivo de preencher vagas em localidades que não tiveram aprovados em número suficiente, apesar de haver mais de 87 mil candidatos não eliminados no processo em geral.

“As contratações são feitas por localidade. O novo edital é para localidades com vagas não preenchidas”, disse o IBGE anteriormente, quando explicou sobre a publicação dos editais complementares.

O cargo de recenseador tem uma remuneração por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados.

Segundo o edital, a carga horária de trabalho recomendável para o recenseador é de, no mínimo, 25 horas, além da participação integral e obrigatória no treinamento. Além disso, os aprovados contarão com auxílios alimentação, transporte e pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais. O contrato inicial será de três meses, cabendo prorrogação.

Edital IBGE 2022: Inscrição 

As inscrições para o edital complementar do concurso IBGE 2022 serão abertas nesta quinta-feira, 9, permanecendo assim até o dia 15 de junho. A participação no processo seletivo será gratuita.

As inscrições são online, mediante o preenchimento do formulário, que será disponibilizado no  site do IBGE . O candidato deverá enviar o documento preenchido para o e-mail da unidade que abrange a localidade da vaga de interesse (anexo I do edital).

Junto ao formulário, o candidato deve anexar as cópias da sua documentação (identidade e titulação acadêmica). A análise dos títulos será classificatória. O resultado final e os locais em que estão as vagas serão divulgados em breve.

Concurso IBGE abriu mais de 200 mil vagas

O concurso IBGE ofereceu 206.891 vagas temporárias para todo o país, com vagas para cargos de níveis fundamental e médio, distribuídas da seguinte maneira:

  • nível fundamental: recenseador (183.021 vagas);
  • nível médio: agente censitário supervisor (18.420 vagas) e agente censitário municipal (5.450 vagas).

Os salários mensais chegam a R$1.700 para o agente supervisor e R$2.100 para o agente municipal. Com o auxílio-alimentação de R$458, os valores serão elevados para R$2.158 e R$2.558, respectivamente.

Os aprovados contarão com auxílio-transporte e ao auxílio pré-escolar, assim como férias e 13º salário proporcionais.

Para recenseador, a remuneração será por produção, calculada por setor censitário, por unidades recenseadas (domicílios urbanos e/ou rurais), tipo de questionário (básico ou amostra), pessoas recenseadas e registro no controle da coleta de dados. A jornada mínima de trabalho é de 25 horas, além da participação integral e obrigatória no treinamento. Já os agentes irão atuar 40 horas semanais, oito horas por dia.

Os agentes contarão com contrato de cinco meses, enquanto o cargo de recenseador tem contrato por três meses. Em ambos os casos, os contratos poderão ser prorrogados, a critério do Instituto.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos