AUXÍLIO BRASIL 600: como fazer INSCRIÇÃO no CADÚNICO para receber o benefício


Após a aprovação da PEC dos benefícios, que traz a ampliação no valor do salário do Auxílio Brasil e no número de beneficiários, muitos cidadãos estão procurando se inscrever no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico).

A base de dados serve como um canal de seleção do Ministério da Cidadania. Desta forma, quando a família se inscreve no CadÚnico, caso se encaixe nos critérios de elegibilidade do programa social, será contemplada.

A intenção do Governo Federal é elevar o benefício do programa de R$ 400 para R$ 600. Os pagamentos devem ocorrer entre agosto e dezembro deste ano. Além disso, cerca de 1,5 milhão de famílias devem ser incluídas no Auxílio Brasil.

Como fazer a inscrição no novo Auxílio Brasil?

Para se inscrever no Auxílio Brasil é necessário fazer um pré-cadastro no aplicativo do CadÚnico. Na prática, será necessário agendar o atendimento presencial no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) da sua cidade.

Feito isto, o responsável familiar deve preparar a documentação. Ele deve apresentar, quando for atendido, o seu CPF e Título de Eleitor. Além disso, será necessário apresentar ao menos um dos documentos abaixo de cada membro da família:

  • Certidão de Nascimento;
  • Certidão de Casamento;
  • Cadastro de Pessoas Físicas – CPF;
  • Carteira de Identidade – RG;
  • Carteira de Trabalho;
  • Título de Eleitor;
  • Registro Administrativo de Nascimento Indígena (RANI) – somente se a pessoa for indígena.

Cabe salientar que o responsável familiar deve ter, ao menos, 16 anos de idade e ser preferencialmente do sexo feminino. Um comprovante de residência também deve ser entregue no momento do atendimento.

Entrevista do Cadastro Único

O responsável familiar ainda passa por uma entrevista para inscrever no CadÚnico. Dentre as perguntas, está quem são os membros da família, como é a residência, se há algum deficiente entre os integrantes, o grau de escolaridade dos integrantes e o valor da remuneração mensal da família.

Quem pode se inscrever no CadÚnico?

De antemão, é necessário informar que para se inscrever no CadÚnico é necessário se enquadrar nas seguintes situações:

  • Famílias com renda per capita mensal de até meio salário mínimo (R$ 606);
  • Famílias com renda bruta mensal de até três salários mínimos (R$ 3.636);
  • Famílias com renda superior as mencionadas, mas que precisam da inscrição para concessão de medida específica;
  • Famílias em situação de rua – cidadão só ou acompanhado.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos