Chuvas afetam abastecimento de água no interior de Alagoas

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informa que, devido às fortes chuvas que vêm atingindo o estado de Alagoas desde a última quinta-feira (30) à noite, diversas cidades estão com o fornecimento de água tratada prejudicado neste sábado (2). Em Palmeira dos Índios, o abastecimento continua suspenso em razão de danos causados aos Sistemas…

A Companhia de Saneamento de Alagoas (Casal) informa que, devido às fortes chuvas que vêm atingindo o estado de Alagoas desde a última quinta-feira (30) à noite, diversas cidades estão com o fornecimento de água tratada prejudicado neste sábado (2).

Em Palmeira dos Índios, o abastecimento continua suspenso em razão de danos causados aos Sistemas Caçamba e Carangueja, situados na zona rural de Quebrangulo. Em Capela, as chuvas atingiram a estação elevatória, o que impede inclusive o acesso dos técnicos e operadores da Companhia.

A cidade de Quebrangulo também está desabastecida, devido ao rompimento de uma adutora, causado pelas chuvas. Os profissionais da Casal estão em campo para tentar localizar o ponto exato onde ocorreu o rompimento da tubulação, mas o trabalho é prejudicado porque os acessos e estradas rurais estão bastante afetados pelas chuvas.

Outra cidade com o abastecimento prejudicado é Colônia Leopoldina. A equipe técnica tem dificuldade para chegar até as estruturas afetadas e realizar o conserto dos conjuntos motobombas. Pela mesma razão – equipamentos afetados pelas chuvas intensas –, Passo de Camaragibe e Novo Lino também estão com o abastecimento deficiente e os profissionais têm dificuldade para chegar até o local para avaliar os danos e dar manutenção.

Em Ibateguara, a suspensão do abastecimento ocorreu porque a água bruta do manancial está em uma condição que impede o tratamento. A mesma situação está ocorrendo na região Agreste, que depende do Rio São Francisco. As chuvas levaram muita lama, sedimentos e matéria orgânica para o rio, prejudicando a água bruta e dificultando o processo de tratamento.

Com isso, Arapiraca e outras nove cidades da região estão com restrição no abastecimento. A Casal e a Agreste Saneamento seguem monitorando as condições do São Francisco e da água para que, tão logo seja possível, o abastecimento seja retomado.

A Casal pede encarecidamente que a população dessas cidades economize água e, em caso de dúvidas, ligue para o Call Center 0800 082 0195. A Companhia está com profissionais em campo tentando avaliar danos e efetuar as manutenções necessárias o mais brevemente possível e reforça que, quando houver condições de segurança para as equipes de trabalho e para retomar a qualidade da água, o líquido voltará a ser distribuído gradativamente.

Fonte: Alagoas24horas