Governo prioriza cidades pequenas na entrega dos cartões


Cidadãos que moram em cidades pequenas do país estão tendo prioridade no recebimento dos cartões do Auxílio Brasil. Segundo informações do Ministério da Cidadania, o Governo Federal optou em dar preferência aos municípios que contam com poucos ou até mesmo nenhum ponto de saque da Caixa Econômica Federal.

A escolha se deu porque tecnicamente o cidadão não precisa do novo cartão para movimentar o dinheiro do Auxílio Brasil. Ele pode usar o app do Caixa Tem para gerar um código para saque em agências da Caixa Econômica. Pessoas que moram em cidades menores contam com menos alternativas para a realização do processo.

A entrega dos novos cartões do Auxílio Brasil acontece sem alarde desde o final do último mês de junho. Ao contrário do que se esperava, o Governo Federal não chegou a fazer um evento para marcar o início da entrega dos novos dispositivos. De todo modo, o Ministério da Cidadania vem divulgando novos detalhes das emissões.

A pasta anunciou que neste primeiro momento, o foco das entregas está nas pessoas que entraram no Auxílio Brasil apenas entre os meses de janeiro e junho deste ano. Para tanto, o Governo Federal encomendou a confecção de mais de 6,6 milhões de dispositivos. Destes, estima-se que algo em torno de 2,3 milhões já tenham sido entregues no início de junho.

Os usuários que ainda não receberam o dispositivo, não precisam se preocupar. Como dito, eles podem usar o app do Caixa Tem para gerar um código para saque. O cidadão também pode usar o mesmo app para realizar uma série de outras atividades como transferências de saldos, pagamentos de boletos e até mesmo algumas compras online.

Cartão com chip

Os novos cartões do Auxílio Brasil estão sendo entregues com uma espécie de chip. Conforme informações do Governo Federal, o novo sistema permitirá que o cidadão use o dispositivo na função de débito.

Assim, o indivíduo que faz parte do Auxílio Brasil, poderá usar o novo cartão para fazer algumas compras também na forma presencial. O Governo Federal alega que o novo sistema traz mais segurança para os usuários.

A função de débito não está prevista no antigo cartão do Bolsa Família. Seja como for, o antigo dispositivo segue funcionando normalmente. O Governo Federal explica que ele não perdeu validade e segue funcionando para saques.

Polêmica com os cartões

O Governo Federal optou por entregar os novos cartões sem fazer alarde justamente em um momento em que enfrenta acusações na justiça contra a fabricação dos itens. Ao menos dois processos estão em tramitação na Controladoria Geral da União (CGU).

Os dois documentos foram enviados por parlamentares de oposição. Eles afirmam que o Governo Federal não precisaria gastar mais de R$ 100 milhões com a produção dos novos dispositivos, visto que as pessoas poderiam movimentar a quantia do benefício sem o objeto.

Entretanto, o Governo Federal nega a acusação e afirma com frequência que o processo de produção dos cartões do Auxílio Brasil acontece com o objetivo de fazer com que as pessoas tenham mais uma opção de movimentação do saldo neste momento.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos