Vestibular UFPR: como funciona a segunda fase?


Vestibular UFPR: como funciona a segunda fase do processo seletivo?

A Universidade Federal do Paraná, conhecida como UFPR, é uma universidade pública e que oferece um ensino de alto nível. Assim, não é nenhuma surpresa que o vestibular que permite o ingresso à instituição seja concorrido. 

Se você pretende ingressar na UFPR por meio do vestibular (e não pelo  SISU), você precisa compreender como a estrutura da prova funciona. Para te ajudar, o artigo de hoje trouxe algumas informações sobre o funcionamento da segunda fase do processo seletivo. Confira!

Vestibular UFPR: primeira fase

Tradicionalmente, as provas do vestibular da UFPR acontecem em duas fases, sendo a primeira delas realizada no mês de outubro ou novembro. Em 2022, ela será aplicada no dia 23 de outubro. 

Você deve ter em mente que a primeira fase consiste na realização de uma prova com 90 questões objetivas.

Vestibular UFPR: segunda fase

Todos aqueles que forem aprovados na primeira fase do vestibular serão convocados para a segunda, que costuma acontecer no mês de dezembro. Em 2022, ela será aplicada nos dias 04 e 05 de dezembro. 

A primeira parte da prova da segunda fase consiste em três questões discursivas. Todos os candidatos devem responder essas questões independentemente do curso escolhido.

Além dessas três questões de compreensão de texto, os candidatos deverão responder também sete questões discursivas de conhecimentos específicos.

O curso escolhido pelo estudante determinará quais serão as perguntas específicas. Elas poderão ser das seguintes disciplinas: Filosofia, Biologia, Matemática, Química, Física, Geografia e Sociologia. 

Vestibular UFPR: o papel da redação

Uma atenção especial deve ser dada à redação: a sua grande influência na composição da nota final do candidato é notória.

Os organizadores recomendam que os candidatos tenham cuidado redobrado no que diz respeito ao tema e conteúdo, tentando não fugir do tema e apresentando argumentos coerentes.

Além disso, o candidato também deve usar um vocabulário adequado, livre de gírias e vícios de linguagem. Fazer uso correto das normas de concordância e regência também é muito importante e positivo aos olhos dos corretores dos textos.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos