5 segredos para franquear uma empresa


Muitas empresas estão utilizando o modo de franquias para multiplicar os seus negócios, por acreditar que o momento de expansão está em crescimento acelerado. Por isso que hoje, nós vamos revelar 5 segredos para franquear uma empresa.

Segredos para franquear uma empresa -- Reprodução Canva
Segredos para franquear uma empresa — Reprodução Canva

Primeiramente, o que significa franquear uma empresa?

Franquear uma empresa significa, em linhas gerais, expandir a sua marca em unidades, distribuídas em todo o país e no exterior.

Sendo assim, você irá permitir que o franqueado utilize a sua marca, suas operações e que o gerenciamento seja replicado nas unidades. Para tanto, o interessado irá pagar uma taxa pelo uso do nome do seu negócio e sua identidade, além de taxa de royalties que representa uma parte do faturamento mensal da unidade.

Assim, por exemplo, sua empresa está situada na região centro-oeste do Brasil e comercializa um produto de alimentação diferenciado. Supondo que chame a atenção em um empreendedor do sudeste, ele entrará em contato com o seu negócio para abrir uma réplica de sua unidade piloto na cidade em que reside, usando a sua marca e os mesmos processos de fabricação, mas não possui vínculo empregatício com a sua empresa.

Confira as 5 coisas que você deve saber ao franquear a sua empresa

Para franquear a sua empresa, é preciso que você saiba de alguns quesitos para legalizar o seu modelo de negócio para expansão:

Perceba se o seu produto ou marca possui o diferencial necessário

Avalie o produto ou serviço que você comercializa. Veja se ele tem potencial para ser um diferencial diante da concorrência e se chama a atenção dos franqueados. Para isso, é preciso se perguntar: Qual o diferencial competitivo que o seu produto ou serviço apresenta em relação à concorrência?

De nada adianta você querer franquear a sua empresa e a concorrência possuir o mesmo produto ou serviço comercializado por você.

Fique atento às questões legais

Procure ajuda profissional para que a sua empresa esteja em conformidade com a legislação para atuar com franquias. Veja se ela atende a Lei das Franquias e, se não atender, é possível fazer as adequações necessárias.

Não esqueça: você só poderá franquear a sua marca se ela possui registro, concedido pelo INPI (Instituto Nacional de Propriedade Intelectual). Assim, a sua marca será propriedade da empresa.

Procure orientação de profissionais qualificados

Ao franquear a sua empresa, é preciso que você fique atento para atender a todas as questões legais envolvidas no negócio. Por isso, é recomendado que você conte com um advogado especializado neste tipo de negócio.

Este profissional será responsável por organizar a COF (Circular de Oferta da Franquia), bem como o contrato com os franqueados, tendo por base as questões jurídicas envolvidas.

Você não pode deixar pontas soltas e dar chance para o azar. Não corra riscos e contrate um profissional qualificado para ajudar neste processo.

Analise de que maneira você irá administrar os franqueados

Retomando o exemplo anterior, você produz um alimento diferenciado e quer que ele seja o carro-chefe de sua franquia. Como você vai fazer com este produto para que os franqueados tenham acesso? Existem duas possibilidades: Você oferece a receita e cada franqueado reproduz em sua unidade, ou você produz e distribui para as unidades.

Assim, é preciso decidir essas questões antes de franquear a sua empresa: Você tem condições de produzir para todas as unidades? Se sim, como você vai fazer o transporte?

Avalie bem a sua cadeia de abastecimento, para ver se você consegue atender os pedidos que irão vir dos franqueados e manter um estoque considerável.

Se você optar por oferecer a receita ao franqueado, procure garantir que as matérias-primas sejam de qualidade e, assim, você pode contar com um ou dois fornecedores que garantam a qualidade do produto.

Considere os valores de investimento para franquear a sua empresa 

As decisões serão todas da franqueadora. Dessa forma, é preciso investir na marca, definir como será a infraestrutura das unidades, quais serão os produtos que serão comercializados de forma específica e, além disso, como você vai divulgar a sua marca e fazer o marketing.

Por fim, você precisa padronizar os processos de produção e comercialização, pois, em cada unidade, se o cliente que conhece uma delas, saberá exatamente o que encontrará na outra.

Todas estas decisões envolvem valores financeiros que precisam ser considerados.

Mesmo assim, franquear uma empresa é sucesso garantido e você está no caminho certo, afinal, chegou neste post com a intenção de se informar melhor e saber exatamente o que fazer para tornar isso uma realidade!

Desejamos muito boa sorte neste seu novo momento profissional super importante!

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos