ATENÇÃO: Restituição do Imposto de Renda Disponível Agora!

O prazo para enviar a declaração do IR está acabando. Assim, os contribuintes ficam cada dia mais perto de receber a restituição do imposto de renda.

Neste ano, os pagamentos devolvidos pela Receita Federal aos contribuintes começam a partir do dia 31 de maio. Ao todo, os repasses acontecerão em 5 lotes, distribuídos para todos os que enviaram a declaração dentro do prazo.

Além disso, é importante lembrar que, para as pessoas que desejam receber a restituição de maneira simples e imediata, a Receita Federal recomenda optar pelo recebimento através do PIX.

Preferência para a restituição do imposto de renda

O primeiro lote da restituição do imposto de renda é destinado para os grupos prioritários. No entanto, este ano, a Receita Federal autorizou uma nova forma para os beneficiários entrarem no grupo.

Todas as pessoas que optaram por realizar a declaração pré-preenchida e recebimento por pix com o CPF como chave podem ter a chance de receber no primeiro lote. Além disso, é importante lembrar que só ganhou o direito aqueles que enviaram a declaração até o dia 10 de maio.

Vale destacar também que, apesar da Receita liberar vagas para estes grupos, cumprir os novos requisitos não garante o recebimento no primeiro lote. Isso porque tudo vai depender da quantidade de contribuintes disputando as vagas do primeiro pagamento.

Assim, as pessoas que enviaram a declaração primeiro terão prioridade no recebimento. A seguir, confira como ficou a lista de prioridades para recebimento da restituição do imposto de renda em 2023:

  1. Pessoas acima de 80 anos;
  2. Pessoas com mais de 60 anos;
  3. Pessoas com deficiência ou moléstia grave;
  4. Pessoas que possuem o magistério como sua maior fonte de renda;
  5. Quem optou pela declaração pré-preenchida;
  6. Quem optou por receber a restituição através do PIX, tendo o CPF como chave;
  7. Por fim, os demais contribuintes.

Quem tem direito à restituição do imposto de renda?

Os contribuintes que tiveram renda superior a R$ 28.559,70 em 2022 deverão declarar o Imposto de Renda este ano. Ou seja, o equivalente a R$ 2.379,97 mensais. No entanto, nem todas recebem a restituição.

Isso porque, para receber a devolução, é necessário que as despesas dedutíveis superem o imposto a pagar. Ou seja, o contribuinte deve ter pagado mais impostos que o normal no ano-calendário.

ALERTA GERAL para que deseja receber a Restituição do Imposto de Renda imediatamente

ALERTA GERAL para que deseja receber a Restituição do Imposto de Renda imediatamente. Imagem: Canva

Sendo assim, é importante estar atento às despesas que podem ser deduzidas. A seguir, confira quais são as despesas que podem ser deduzidas do seu Imposto de Renda em 2023:

  • Saúde;
  • Educação;
  • Previdência privada;
  • Pensão Alimentícia;
  • Despesas do livro caixa dos profissionais autônomos e liberais;
  • Honorários advocatícios de recebimentos tributáveis;
  • Despesas com imóvel de quem recebe aluguel.


Você também pode gostar:

Além disso, é importante lembrar que o contribuinte pode declarar os seus dependentes no imposto de renda e obter dedução. Assim, cada dependente que constar no seu Imposto de Renda pode garantir a redução de R$ 2.275,08 em sua base de cálculo.

Calendário de pagamentos

A Receita Federal divulgou o calendário de pagamentos da restituição do imposto de renda em 2023. A liberação do primeiro lote ocorrerá no dia 31 de maio, que também é o último dia para o envio da declaração.

De acordo com a Receita Federal, a expectativa é de que haja a liberação de R$ 300 milhões por meio da restituição do Imposto de Renda. A seguir, confira as datas de pagamento:

  • 1º Lote: 31 de maio;
  • 2º Lote: 30 de junho;
  • 3º Lote: 31 de julho;
  • 4º Lote: 31 de agosto
  • 5º Lote: 29 de setembro.

Gostou? Deixe seu comentário no final da página.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos