Descubra o MOTIVO do Bloqueio do Bolsa Família e Saiba COMO Reverter a Situação

O Governo Federal utiliza os dados do CadÚnico para selecionar as famílias aptas ao programa Bolsa Família. Sendo assim, realizar o cadastro é a porta de entrada para quem deseja receber o benefício, bem como também dá acesso a vários outros benefícios assistenciais.

Com a reformulação do Bolsa Família no início do ano, várias pessoas tiveram os pagamentos mensais bloqueados. Isso porque foram identificadas inconsistências no cadastro, ou seja, são pessoas que não cumprem com os requisitos de participação do programa.

Contudo, muito beneficiários que se enquadram em todas as regras se queixaram de serem cortados do benefício. Mas o que muitos não sabem é que um erro que parece simples pode ter ocasionado os bloqueios: cadastro do endereço. Entenda mais a seguir.

Erro no endereço pode bloquear o Bolsa Família

Em áreas de periferia ou que são muito urbanizadas pode ocorrer o erro de endereço no cadastro do Bolsa Família, pois nessas localizações é comum que várias casas tenham o mesmo número.

Assim, pode acontecer de uma pessoa que se declara como família unipessoal ganhar direito ao benefício e depois tê-lo bloqueado, por conta do endereço ter sido cadastrado novamente por outro grupo familiar. Isso porque, quando há dois cadastros para o mesmo endereço, o sistema entende que ocorreu uma fraude.

O que fazer para reverter a situação?

Se você teve o Bolsa Família bloqueado por erro de endereço, poderá reverter a situação realizando a atualização do CadÚnico. Para isso, é necessário comparecer presencialmente ao CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) do seu município.

Durante o atendimento, será necessário comprovar a condição de pessoa apta a receber o benefício. Sendo assim, é importante levar um comprovante de endereço em seu nome e os seus documentos pessoais.

Ademais, uma dica importante para quando há várias casas com o mesmo endereço, é inserir um complemente, como “Casa A”, “Casa B” e “Casa C”. Dessa forma, o sistema irá identificar que se trata de mais de uma família que possuem residência no mesmo lote, mas em casas diferentes.

Quanto tempo leva para o benefício desbloquear após a atualização?

Motivo para Bolsa Família bloqueado é REVELADO; saiba como reverter a situação

Motivo para Bolsa Família bloqueado é REVELADO. Imagem: Canva

Após o beneficiário realizar a atualização do CadÚnico, pode levar, em média, 30 dias para o Bolsa Família desbloquear. No entanto, esse período pode variar, a depender do grau de irregularidade. Além disso, fatores como o número de pessoas na fila de espera e número de profissionais atendentes também influenciam no prazo.

É possível saber se o Bolsa Família será bloqueado?

O Bolsa Família está diretamente ligado ao cadastro do CadÚnico. Portanto, para saber se o seu benefício corre risco de ser bloqueado, basta consultar o seus dados cadastrais.


Você também pode gostar:

Para isso, é possível acessar o aplicativo CadÚnico ou acessar o Portal Cidadão da Caixa Econômica Federal.

Vale ressaltar que, quando acontece o bloqueio ou suspensão, o usuário é comunicado. Desde o início do pente-fino do Bolsa Família, vários beneficiários receberam uma notificação por meio do aplicativo Bolsa Família para atualizarem seus cadastros no CRAS.

Calendário de pagamentos

O calendário de pagamentos do Bolsa Família de maio já está disponível para todos os beneficiários. A Caixa Econômica Federal é responsável pelos repasses, que seguem o último número do NIS (Número de Identificação Social) dos inscritos.

Este mês, a novidade é que dois novos grupos poderão receber os valores de forma antecipada. Isso porque, o Governo Federal autorizou a liberação do pagamento no sábado para aqueles que iriam receber na segunda-feira.

Dessa forma, os participantes com NIS final 3 e 8 poderão receber dois dias antes do previsto no calendário oficial. A seguir, confira todas as datas:

  • Final de NIS 1: 18 de maio;
  • Final de NIS 2: 19 de maio;
  • Final de NIS 3: 22 de maio – ANTECIPADO PARA O SÁBADO, DIA 20/05!;
  • Final de NIS 4: 23 de maio;
  • Final de NIS 5: 24 de maio;
  • Final de NIS 6: 25 de maio;
  • Final de NIS 7: 26 de maio;
  • Final de NIS 8: 29 de maio – ANTECIPADO PARA O SÁBADO, DIA 27/05!;
  • Final de NIS 9: 30 de maio;
  • Final de NIS 0: 31 de maio.

Os segurados podem sacar o pagamento por meio do cartão do benefício ou mesmo movimentar a quantia através do aplicativo Caixa Tem. A plataforma está disponível para todos os clientes e permite que os usuários acessem a sua conta social digital para recebimento dos benefícios governamentais.

Através do Caixa Tem é possível realizar transferências bancárias, PIX, pagamento de boletos, recarga de celular e garante acesso a vários outros serviços bancários.

Gostou? Deixe seu comentário no final da página.

Veja o que é sucesso na Internet:

Fonte: Notícias Concursos