Jake Paul sobre derrota de Tommy Fury: ‘Isso me fez reavaliar tudo’


Espere um Jake Paul completamente diferente quando enfrentar Nate Diaz ainda este ano.

Em 5 de agosto, Paul enfrenta Diaz em uma luta de boxe de oito rounds no American Airlines Center em Dallas. A luta é a primeira de Paul desde a derrota por decisão dividida para Tommy Fury em fevereiro, e pelo que Paul disse, essa derrota o levou a mudar tudo sobre como ele abordava o esporte.

“Acho que isso me fez reavaliar tudo, inclusive eu, meus treinadores, as pessoas ao meu redor, tudo”, disse Paul na coletiva de imprensa Paul x Diaz. “E eu acho que isso é bom de se fazer na vida. Foi meio que esse reset e essa oportunidade de olhar no espelho. Aprendi mais sobre mim na derrota do que em qualquer uma das vitórias. Isso me fortaleceu mentalmente na vida, em tudo o que estou fazendo, e é quase como um alívio em certo sentido.

“Eu nunca quis perder, mas agora que está fora do caminho, posso ser livre. Então, de muitas maneiras, é muito, muito libertador, e acho que vai me ajudar a lutar com mais calma e foco. Eu trouxe um monte de gente nova para a equipe e estou animado para mostrar às pessoas meu novo conjunto de habilidades em 5 de agosto.”

Entre esses novos nomes estão alguns velhos amigos, principalmente o boing Hall of Famer Shane Mosely Mosley ajudou a preparar Paul para sua primeira luta de boxe profissional contra AnEnsonGib em 2020, e desde então voltou ao Team Paul em preparação para Diaz. O plano, de acordo com Paul, é que Mosley recupere algumas das deficiências que o custaram contra Fury. e entregar a melhor versão possível de Paul em agosto.

“Mudei praticamente toda a equipe, trouxe novas pessoas que vão me responsabilizar pelos erros que estou cometendo na academia”, disse Paul. “Até mesmo os treinadores de nutrição, força e condicionamento, tudo isso foi trocado. Acho que aprendi muito com a última luta. Estou apenas implementando essas coisas no meu campo de treinamento e não vou cometer os mesmos erros de antes…

“Eu trouxe Shane e Theo Chambers, assim como J’Leon [Love] no time. eu estava falando [them] depois da luta e todos eles identificaram o mesmo pequeno erro que eu estava cometendo no ringue que precisava ser consertado, o que permitiria que o resto dos meus erros que eu estava cometendo fossem corrigidos. Uma vez que todos estavam na mesma página, Shane estava livre e disposto a entrar e fazer isso em tempo integral, então montamos a equipe dos Vingadores. Me sinto um lutador completamente diferente já em pouco tempo, e ainda faltam 88 dias para a luta. Estou animado para continuar trabalhando e esta será minha melhor performance.

Para Paulo, essas mudanças ecoam uma nova mentalidade. Vindo de uma derrota, Paul agora corre o risco de sua primeira sequência de derrotas no boxe, algo que pode acabar por derrubar suas maiores ambições no esporte. Então, com as costas contra a parede proverbial, Paul diz que está se preparando para essa luta como se fosse “faça ou morra”.

“Na minha cabeça, é assim que estou tratando as coisas”, disse Paul. “Essa é a única coisa em que estou focado. Estou cheio dessa fome e tenho mais convicção agora do que nunca sobre o que vou fazer neste esporte. Quando você está fazendo muitas lutas consecutivas, estou nocauteando todo mundo, colocando-os de costas, ganhando dezenas de milhões de dólares, você pode perder essa fome, e essa derrota reinstalou isso em mim . Estou animado para voltar. Eu disse não me julgue pelas minhas vitórias, me julgue pelas minhas derrotas, então vou voltar. Tenho trabalhado em silêncio, prometo-lhe isso. Eu prometo a você que sei do que sou capaz e esta será a melhor versão de Jake Paul que você verá no ringue.”

E quanto à luta em si, Paul acredita que toda essa preparação vai render dividendos. O YouTuber que virou boxeador está confiante de que, em agosto, Diaz vai cair cedo.

“Acho que ele vai ficar afiado por alguns rounds, mas não há nada que ele possa fazer para me impedir”, disse Paul. “Sou mais rápido, sou mais forte, sou o melhor boxeador. Ele vai ficar vindo pra frente, não tem movimento de cabeça, tentando me pressionar, vai ficar picado. Eu vejo isso terminando em quatro rodadas ou menos.



Fonte: mma fighting