O técnico do Paris Saint-Germain, Christophe Galtier, e seu filho são detidos em investigação de racismo


Ptreinador de aris Saint Germain Christophe Galtier e seu filho foram detidos como parte de uma investigação sobre acusações de racismo em um de seus ex-clubes, promotor de Nice Xavier Bonhomme disse à Associated Press.

Galtier e seu filho, John Valovic-Galtierforam colocados sob custódia para interrogatório na manhã de sexta-feira, disse Bonhomme.

Galtier, que está de saída do PSG, mas ainda sob contrato, negou as acusações de que fez comentários racistas e antimuçulmanos quando comandava o clube francês Nice quando o escândalo estourou no início deste ano.

O RMC Sport e outros meios de comunicação franceses publicaram reportagens citando um e-mail vazado do ex-diretor de futebol do Nice, Julien Fournier, aos donos do clube, no qual ele acusava Galtier de dizer que havia muitos jogadores negros e muçulmanos no time.

Em um comunicado divulgado por seu advogado à mídia francesa, Galtier disse que ficou “atordoado ao saber do relatório insultuoso e difamatório” e disse que tomaria medidas legais não especificadas.





Fonte: Jornal Marca