Prefeitura de Penedo atua de forma imediata em relação aos danos causados pelas chuvas

Secom PMP

As fortes chuvas do final de semana causaram danos em alguns pontos em Penedo, com ação imediata da gestão Ronaldo Lopes/João Lucas na cidade e na zona rural.

Equipes da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), de Serviços Públicos (SEMSP), de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) e Assistência Social e Direitos Humanos (SEMASDH) foram mobilizadas para atender a população afetada e tomar as providências devidas.

Na comunidade conhecida como Areal, quatro famílias precisaram deixar a residência por risco na estrutura ou alagamento e foram direcionadas para casa de parentes ou amigos, os únicos casos registrados até este início de semana sobre pessoas desalojadas pelas chuvas em Penedo este ano.

No bairro Santa Cecilia, popular Cacimbinhas, a Seinfra e a Secretaria de Serviços Públicos precisaram fazer uma intervenção no trecho que liga a Rua Dom Constantino e a Rua Tiradentes para evitar que as chuvas invadissem casas.

O local faz parte do trecho que está em obras de drenagem que solucionará definitivamente o escoamento das águas pluviais na Cacimbinhas, Loteamentos Santo Antônio (Litoral) e Ouro Verde, onde um equipamento de moto-bomba é utilizado para reduzir o volume de água no residencial construído por empresa privada.

Pontos de alagamento na zona rural também contam com apoio de moto-bomba cedida pela Usina Marituba e utilização de máquinas da Secretaria Municipal de Serviços Públicos.

Outras duas situações relacionadas com queda de muro foram registradas na cidade, com isolamento do acesso pela SMTT e recolhimento do material pela SEMSP.

Nesta segunda-feira, a força-tarefa da Prefeitura de Penedo está nas ruas realizando a limpeza das vias públicas e a desobstrução da rede de galerias, trabalho que já foi realizado no entorno da Lagoa do Oiteiro de forma preventiva.

A medida do governo Ronaldo Lopes/João Lucas evitou a inundação de residências na localidade situada na parte baixa de Penedo, apesar das fortes chuvas e do histórico de alagamento nas ruas próximas da lagoa, principalmente na Campos Teixeira e adjacências.

Texto Fernando Vinícius