Sabalenka espera na rede para apertar a mão de Svitolina e ucraniano se surpreende: Foi uma provocação


Aryna Sabalenka qualificou-se para as meias-finais de Roland Garros na terça-feira depois de derrotar Elina Svitolina, por 6-4 6-4.

Era Sabalenkasegundo encontro consecutivo com um jogador ucraniano. Ela fez sua estreia no domingo, 28 de maio, contra Marta Costuyk e eles não apertaram as mãos.

Essa situação se repetiu hoje nas quartas de final no Philippe Chatrier. Sabalenka esperou seu oponente na rede, forçando uma saudação que ela sabia que não viria.

E ela viu Svitolina passe, que recebeu os apitos das arquibancadas. Essa situação não se repetirá porque não há mais jogadores ucranianos na competição.

“Não sei o que ela estava esperando porque eu disse que não ia apertar a mão. Foi como uma provocação. Os assovios não me surpreenderam”, refletiu Svitolina.

Depois de dois dias se recusando a ir à sala de conferências para evitar falar sobre a guerra na Ucrânia, o tenista de Minsk voltará a se apresentar à mídia.

Sabalenka disse em 2 de junho que não se sentiu segura ao ser questionada por um repórter ucraniano que não está mais no torneio porque suas credenciais expiraram no fim de semana.

Svitolina também se pergunta por que Sabalenka não foi multado quando Naomi Osaka foi há dois anos: “Não acho justo.”

número virtual um

O bielorrusso é hoje o número um do mundo virtual, com um rendimento de 642 pontos, porque Cada Swiatek não pode somar pontos em Roland Garros como atual campeão.





Fonte: Jornal Marca