Juscelino Filho surpreende e apresenta TV 3.0 no maior evento de Radiodifusão da América Latina


O ministro das Comunicações, Juscelino Filho (MDB) deu mais alguns detalhes sobre a implementação da tecnologia de TV 3.0 no Brasil. Ele deu estas explicações durante uma palestra realizada nesta terça-feira (8), no Congresso de Tecnologia e Negócios de Mídia e Entretenimento, o SET EXPO 2023.

Juscelino Filho participou do painel “O Projeto TV 3.0 para o Brasil”. Entre outros pontos, o ministro lembrou que já existe um grupo de trabalho para tratar sobre o tema. Tais integrantes deverão apresentar uma proposta de regulamentação desta  tecnologia até o dia 31 de dezembro de 2024. Ainda de acordo com o chefe da pasta, o grupo já teria realizado a primeira reunião no final do último mês de julho.

“A Radiodifusão tem uma longa história no país desempenhando um papel fundamental na disseminação de informações culturais e entretenimento para a população. Ao longo de décadas, os veículos de comunicação tradicionais como rádio e televisão têm sido parte intrínseca da vida cotidiana dos brasileiros moldando opiniões, promovendo a identidade cultural e contribuindo para a construção de uma sociedade informada e participativa”, disse o ministro em sua palestra.

Como vai funcionar a TV 3.0

Segundo o ministro, a TV 3.0 faz parte de uma evolução em relação a que conhecemos hoje como televisão. Entre outros pontos, os principais destaques são:

  • a qualidade audiovisual superior (até 8k);
  • a interface de usuário baseada em aplicativos;
  • a segmentação de conteúdo de acordo com localização geográfica dos telespectadores;
  • a personalização de conteúdo de acordo com as preferências dos telespectadores;
  • Áudio imersivo (também conhecido como áudio 3D);
  • Suporte a transmissão via streaming de banda larga.
Juscelino Filho surpreende e apresenta TV 3.0 no maior evento de Radiodifusão da América Latina
TV 3.0 pode fazer primeira transmissão em 2024. Imagem: Valter Campanato/ Agência Brasil

Etapas de transição

A transição para o sistema de TV 3.0 não é nova, e começou ainda em 2007, quando o governo iniciou uma grande campanha para a troca da TV analógica para a TV digital. Já neste meio tempo, vários brasileiros tiveram que adquirir novos aparelhos para receber o sinal e seguir assistindo os seus programas favoritos. O próximo passo desta evolução é justamente a chegada da TV 3.0.

A mudança, no entanto, tende a ser sentida mais pelas pessoas que costumam consumir hoje mais a tv aberta. A ideia da TV 3.0 é transformar a qualidade de emissoras gratuitas em algo mais próximo do que se registra hoje em streamings como Netflix, Prime Video e HBO Max, por exemplo.


Você também pode gostar:

Vou precisar comprar uma outra TV?

Como dito, o governo federal ainda está em processo de análise da TV 3.0, e qualquer detalhe ainda precisa ser confirmado pelo ministério das Comunicações. De antemão, é possível dizer que o cidadão que deseja usar a nova tecnologia provavelmente vai precisar comprar um novo televisor.

Mas calma. Não adianta sair correndo agora para uma loja para comprar um novo aparelho televisor. Como dito, a primeira transmissão da TV 3.0 só deve começar a ser feita em 2024. Assim, o mais provável é que o sistema demore para começar a sair do papel. Além disso, mesmo depois do início, a transição vai ser feita de modo gradual.

Vale lembrar ainda que muitos televisores fabricados de 2020 para cá já possuem várias qualidades prometidas pela TV 3.0. Assim, é possível que o seu aparelho já seja compatível com o novo sistema que deve ser implementado em 2024.

Fibra ótica na Amazônia

Também nesta semana, o ministro das Comunicações confirmou que o governo quer entregar 4 das 8 infovias digitais contratadas no leilão do 5G para a implementação da fibra ótica na Amazônia. A ideia é realizar a entrega até dezembro.

“A Infovia 1 está sendo entregue agora, temos as outras 7 em execução. Além dessa, mais 3 serão entregues ainda neste ano, até dezembro: as infovias 2, 3 e 4. Com o projeto finalizado, elas vão chegar a todos os Estados da região Norte, passando em todas as capitais e atendendo 59 cidades”, disse o ministro.

Participe da Comunidade no Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.

Siga o Notícias Concursos no Google News e receba novidades sobre Benefícios Sociais, Concursos, Empregos, Dicas e muito mais.





Mais Lidas da Semana



Ainda com dúvidas? Só perguntar abaixo ou deixe seu comentário no final da página!



Fonte: Notícias Concursos