REGRAS para receber DESCONTO na conta de luz foram DIVULGADAS


No Brasil, a Agência Nacional de Energia Elétrica é responsável por fixar o custo da energia elétrica. Mensalmente, os consumidores finais recebem a conta de luz, devendo liquidar o montante pendente até a data estabelecida.

Os valores podem ser calculados de maneira diferente, seja para uma empresa distribuidora ou uma de transmissão. A partir disso, as companhias determinam uma quantia a ser paga pelo usuário final na conta de luz, dependendo do consumo energético do último mês.

Muitos cidadãos brasileiros enfrentam valores elevados na fatura de energia. Entretanto, essa situação pode mudar em breve, visto que uma companhia está disponibilizando descontos de até 30% na tarifa elétrica.

Empresa apresenta mais de 30% de desconto na conta de luz

O Brasil figura entre os sete principais consumidores globais de energia, conforme indicado por uma pesquisa realizada pelo Banco Mundial. No entanto, o desperdício energético está estimado em 43 terawatt-hora (TWh) anualmente. Isso é o equivalente ao suprimento elétrico de 20 milhões de lares, com uma parte considerável associada às empresas.

Com isso em mente, a empresa Lead Energy, especialista em soluções energéticas, lançou uma solução voltada para o setor empresarial. Nesse sentido, basta usar o boleto da fatura de energia e o cliente corporativo deve inserir o documento na plataforma da Lead, efetuando a mudança do fornecedor convencional para uma opção alternativa.

Com essa alteração, o cliente também pode visualizar os custos potencialmente elimináveis, incluindo taxas desnecessárias. Isso implica em “reservar a energia” diretamente do novo fornecedor, permitindo economizar até 35% ao optar pela sugestão da Lead.

É relevante destacar que o sistema possibilita a inclusão da tarifa de eletricidade. Dessa forma, viabiliza uma análise e sugestões de economia por meio de uma abordagem sustentável, frequentemente sem despesas iniciais.

Essa solução é direcionada especialmente para as empresas situadas na cidade de São Paulo, devido aos gastos mensais superiores a R$ 5 mil em eletricidade. Em muitos casos, a redução desses custos pode ser obtida por meio de ajustes contratuais.

REGRAS para receber DESCONTO na conta de luz foram DIVULGADAS
Veja como Lead Energy pode ajudar a reduzir o valor do boleto de energia – Imagem: Lead Energy


Você também pode gostar:

Saiba mais sobre a proposta da companhia

Os empreendimentos da empresa Lead têm perspectivas de ampliação para o segmento doméstico de consumidores. Isso acontecerá à medida que o intricado debate sobre a liberalização do mercado de energia avance no Brasil.

Apoiada por investimentos da empresa comercializadora e administradora Ecom, no montante de R$ 2,4 milhões, a companhia aguarda o desenrolar das discussões sobre a total abertura do mercado. Atualmente, esse processo que está em andamento desde 1999, quando ocorreu a primeira adoção do Ambiente de Comercialização Livre (ACL).

Até o momento, somente grandes empresas, cujas faturas ultrapassem R$ 50 mil mensais em energia de alta tensão, podem adentrar a esse mercado. Então, lhes proporciona a liberdade de eleger o fornecedor, negociar contratos, prazos e modalidades de energia.

Aproximadamente 11,5 mil corporações participam desse mercado, movimentando cerca de R$ 160 bilhões anualmente. Em duas décadas, o sistema viabilizou uma economia de R$ 339 bilhões em despesas, com um montante de R$ 41 bilhões apenas no ano de 2022.

No último mês de maio, o custo da energia, um dos componentes da tarifa elétrica, situou-se em R$ 284 por MWh no mercado regulado, ao passo que os intervenientes do mercado livre desembolsaram 69% a menos, ou seja, R$ 89 por MWh. Em termos de volume, esse grupo representa praticamente 40% do mercado, contudo, abrange apenas 0,04% dos consumidores.

Famílias do Rio Grande do Norte têm direito a 65% de desconto na conta de luz, mas não estão cadastrados

Mais de 333 mil famílias situadas no estado do Rio Grande do Norte têm a possibilidade de adquirir um desconto de 65% ou mais em suas contas de eletricidade. Contudo, não estão inscritas na Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE), a qual proporciona esse benefício.

Concedida pelo Governo Federal, a TSEE assegura uma isenção de até 65% do valor total da fatura elétrica para os consumidores de baixa renda que estejam registrados em programas sociais promovidos pelo governo. Na cidade de Natal, somente, 70.320 famílias podem ser beneficiadas por esse desconto, uma vez que essa regulamentação é supervisionada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Para garantir a vantagem, é necessário que a pessoa possua um Número de Inscrição Social (NIS) ou o Número do Benefício (NB) devidamente atualizados. Caso esses dados estejam desatualizados, é imprescindível que o indivíduo compareça ao Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo de sua residência para regularizar sua situação no Cadastro Único (CadÚnico) do Governo Federal.

Aqueles que não possuem o NIS ou NB (BPC/LOAS), porém apresentam uma renda inferior a meio salário mínimo por pessoa no lar, também têm a possibilidade de obter o número correspondente no CRAS.

Quando o titular da conta de energia elétrica é também o beneficiário e portador do NIS ou NB (BPC/LOAS), a Neoenergia Cosern realiza o registro automaticamente. Contudo, quando a titularidade está sob outro CPF, não é possível efetuar o registro de forma automática.

Nesse contexto, torna-se necessário que o cliente entre em contato com a distribuidora para que possa receber o benefício. O procedimento de cadastramento é simples, ágil e pode ser realizado por meio do:

  • WhatsApp da Neoenergia Cosern (84 3215 6001);
  • Site oficial;
  • Lojas de Atendimento.

Unicamente munido do número correspondente, o cliente pode solicitar o benefício da TSEE à concessionária. Importante destacar que não existe um prazo limite para a solicitação.

Participe da Comunidade no Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.

Siga o Notícias Concursos no Google News e receba novidades sobre Benefícios Sociais, Concursos, Empregos, Dicas e muito mais.





Mais Lidas da Semana



Ainda com dúvidas? Só perguntar abaixo ou deixe seu comentário no final da página!



Fonte: Notícias Concursos