Caixa Econômica encerra repasses nesta semana


A última semana de outubro está chegando com uma grande novidade para os últimos grupos de beneficiários a receberem o Bolsa Família. O maior programa de transferência de renda do país possui uma lógica de pagamento.

Por isso, os inscritos recebem o benefício em datas diferentes. Enquanto muitos segurados têm acesso aos valores antes do dia 20, outros só recebem os valores nos últimos dias de e  cada mês. Esse é o caso de dois grupos de beneficiários, que vão receber os últimos repasses de outubro do Bolsa Família.

Quem recebe o Bolsa Família nesta semana?

Em resumo, os pagamentos do Bolsa Família ocorrem conforme o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) dos usuários. Assim, um novo grupo tem acesso ao valor em suas contas a cada dia útil.

Nesta semana, a Caixa Econômica Federal realizará o pagamento da parcela de outubro aos dois últimos grupos de beneficiários. A espera foi longa, mas os segurados terão muito o que comemorar, até porque o valor do Bolsa Família está turbinado em todo o país.

Confira o calendário de pagamentos do Bolsa Família de outubro de 2023:

Data do pagamento Final do NIS
18 de outubro 1 (LIBERADO)
19 de outubro 2 (LIBERADO)
20 de outubro 3 (LIBERADO)
23 de outubro 4 (LIBERADO)
24 de outubro 5 (LIBERADO)
25 de outubro 6 (LIBERADO)
26 de outubro 7 (LIBERADO)
27 de outubro 8 (LIBERADO)
30 de outubro 9
31 de outubro 0

Nesta semana, os beneficiários com NIS de final 9 e 0 poderão acessar os valores do Bolsa Família. Na verdade, os beneficiários com NIS de final 9 já receberam a parcela de outubro desde o sábado (28). Isso porque o Governo Federal vem antecipando em dois dias os pagamentos definidos para as segundas-feiras.

Pagamento turbinado do Bolsa Família anima beneficiários


Você também pode gostar:

Em síntese, as famílias inscritas no Bolsa Família possuem características diferentes, como quantidade de filhos e idade de cada um deles, por exemplo. Por isso, cada beneficiário recebe um valor específico do Bolsa Família.

Na verdade, o programa possui diversos benefícios em sua composição que determinam qual será a parcela recebida por cada usuário. Isso acontece porque o governo tenta atender todos os segurados em suas particularidades, promovendo inclusão de todos os grupos.

Aliás, o recebimento dos benefícios é cumulativo, ou seja, é possível receber todos eles, caso os usuários cumpram as regras de cada um dos benefícios. Confira abaixo os benefícios do Bolsa Família de outubro:

Benefícios adicionais aumentam parcela do Bolsa FamíliaBenefícios adicionais aumentam parcela do Bolsa Família
Benefícios adicionais aumentam parcela do Bolsa Família. Imagem: Agência Brasil.

1- Benefício de Renda de Cidadania

A regra garante o pagamento de R$ 142 para cada membro da composição familiar que esteja inscrito no Cadastro Único (CadÚnico). Assim, o valor do benefício é multiplicado pela quantidade de indivíduos da família.

Por exemplo, uma família composta por cinco pessoas recebe R$ 710 por mês (R$ 142 x 5 = R$ 710). Caso haja dez pessoas, o valor da parcela chega a R$ 1.420 (R$ 142 x 10 = R$ 1.420). Isso mostra que o valor do Bolsa Família pode superar um salário mínimo vigente (R$ 1.320), dependendo da composição familiar.

2- Benefício Complementar

Ao considerar o Benefício de Renda de Cidadania, as famílias unipessoais (compostas por um indivíduo) receberiam apenas R$ 142 no mês. Entretanto, o governo definiu a parcela mínima do Bolsa Família em R$ 600.

Para garantir o pagamento mínimo de R$ 600 a todos os inscritos, o governo federal complementa o valor do benefício a milhares de segurados. Isso acontece nas famílias compostas por até quatro pessoas, que teriam direito a, no máximo, R$ 568 (R$ 142 x 4 = R$ 568) no mês, através do Benefício Complementar.

3- Benefício Primeira Infância

Desde março de 2023, o governo vem realizando o pagamento de R$ 150 por criança de até seis anos de idade. Dessa forma, as famílias que possuem crianças com sete anos incompletos estão recebendo esse benefício adicional, que ajuda a elevar o valor da parcela mensal do Bolsa Família.

4- Benefício Variável Familiar

O governo federal assegura o pagamento de um valor adicional de R$ 50 a crianças e jovens de sete a 18 anos, bem como a gestantes e lactantes integrantes da composição familiar.

5- Benefício Variável Familiar Nutriz

A partir deste mês de setembro, o governo começou a pagar um adicional de R$ 50 para os indivíduos das famílias que possuem até sete meses incompletos. Dessa forma, as famílias terão um benefício a mais para aumentarem os cuidados com os bebês.

6- Benefício Extraordinário de Transição

Esse benefício tem como principal objetivo garantir que nenhum usuário do Bolsa Família receba uma parcela menor que o programa anterior (Auxílio Brasil).

Por fim, os repasses de todos os benefícios ocorrem na mesma data de pagamento do Bolsa Família, pois eles compõem a parcela deste. Assim, os usuários que tiverem direito aos benefícios irão receber os valores conforme o calendário do principal programa social do país.

7- Auxílio Gás

Além dos benefícios citados, existe o Auxílio Gás, que voltou a ser pago aos usuários agora em outubro, após a sua paralisação no mês passado. O governo vai pagar o auxílio a mais de 5,5 milhões de beneficiários em outubro. Assim, as famílias poderão ter direito a todos estes benefícios, e o valor do Bolsa Família deverá ser bem maior que R$ 600 para muitas famílias.

Cabe salientar que o repasse de todos esses benefícios ocorrem na mesma data de pagamento do Bolsa Família. Assim, os usuários que tiverem direito aos benefícios irão receber os valores conforme o calendário do principal programa social do país.

google news noticias concursosgoogle news noticias concursos

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos