Como saber se foi escolhido para receber o Auxílio Gás? Veja 3 formas


O Auxílio-Gás é um benefício que foi introduzido pelo governo de Jair Bolsonaro no final de 2021, com o objetivo de mitigar os impactos do aumento dos preços do gás de cozinha nas famílias de baixa renda.

No atual governo de Luiz Inácio Lula da Silva, o benefício foi mantido por meio de uma Medida Provisória emitida pelo presidente em janeiro deste ano. Posteriormente, esse auxílio foi integrado ao programa Bolsa Família, que passou por uma reestruturação em março, assumindo o papel de benefício suplementar.

Atualmente, o Auxílio-Gás fornece assistência financeira às famílias de baixa renda com base no preço médio nacional do botijão de gás de 13 kg, determinado pela Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

No mais recente pagamento, ocorrido em agosto, as famílias beneficiadas receberam um montante de R$ 108. É importante destacar que os pagamentos do Auxílio-Gás são realizados a cada dois meses, de modo que os beneficiários receberão os recursos neste mês de outubro.

Mas afinal, como saber se foi escolhido para receber o Auxílio Gás? Confira a seguir

Consulta ao Auxílio-Gás

O Auxílio-Gás pode ser consultado pelo beneficiário utilizando o CPF, processo que pode ser feito através de três formas distintas. Sendo assim, o processo pode ser feito pelo aplicativo do Bolsa Família, Caixa Tem e pelo CadÚnico. Confira a seguir:

  1. Utilizando o aplicativo do Bolsa Família, o beneficiário deve efetuar o login utilizando suas credenciais do Caixa Tem ou gov.br. Em seguida, siga as etapas fornecidas para validar o acesso. Clique em “Benefícios” ou “Ver parcelas” para visualizar o status de pagamento de cada parcela do Auxílio-Gás.
  2. No aplicativo do Caixa Tem, o usuário deve fazer o login com suas credenciais de acesso. Dentro do aplicativo, vá até a seção de “Extrato” e procure pela opção “AUX GÁS” para verificar os pagamentos das parcelas do Auxílio-Gás.
  3. Para consultar o Auxílio-Gás com base no CPF, os beneficiários podem utilizar o Cadastro Único, disponível em aplicativos para Android e iOS, bem como no portal gov.br. É importante ressaltar que o beneficiário deve ter todos os dados de cadastro necessários à disposição, como CPF, nome da mãe, UF/Município, entre outros. A consulta é feita de maneira simples, com uma confirmação de identidade positiva no aplicativo
Como saber se foi escolhido para receber o Auxílio Gás? Veja 3 formas
Como saber se foi escolhido para receber o Auxílio Gás? Veja 3 formas


Você também pode gostar:

Quem pode receber

O Auxílio-Gás exige que a família de baixa renda esteja inscrita no CadÚnico. Também é necessário que a família possua renda familiar mensal per capita menor ou igual a meio salário-mínimo (R$ 660), inclusive famílias beneficiárias de programas de transferência de renda implementados pelas três esferas de governo.
Outras famílias que podem receber o Auxílio-Gás são aquelas que possuem em sua composição pessoas residentes no mesmo domicílio que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC), inscritas ou não no Cadastro Único.

No entanto, o Auxílio-Gás é um programa de alcance limitado. Sendo assim, o governo seleciona as famílias mais necessitadas para a participação, segundo os seguintes critérios de prioridade:

  • Dados do Cadastro Único atualizado nos 24 meses anteriores;
  • Menor renda per capita;
  • Maior quantidade de membros na família;
  • Participação no Programa Auxílio Brasil; e
  • com cadastro qualificado pelo gestor por meio do uso dos dados da averiguação, quando disponíveis.

É por este motivo que nem todas as famílias que estão aptas a receber o Auxílio-Gás irão de fato receber os valores, e por isso é tão importante realizar a consulta com o CPF pelo aplicativo do Bolsa Família, Caixa Tem ou pelo CadÚnico.

Siga o Notícias Concursos no Google News e receba novidades sobre Benefícios Sociais, Concursos, Empregos, Dicas e muito mais.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos