Missed Fists: Fighter arrasa seu oponente com um nocaute arrepiante com um soco


Bem-vindo à última edição do Missed Fists, onde destacamos lutas de todo o mundo que podem ter passado despercebidas nestes tempos agitados em que parece que há um show de MMA dia sim, dia não.

O Halloween está chegando, então não há melhor maneira de comemorar do que com alguns dos finais mais assustadores e excêntricos do cenário internacional e regional.

(Muito obrigado como sempre a @Barrelelapierna para suas listas semanais dos melhores Nocautes e submissõese para @Grabaka_Hitman por enviar muitos dos clipes que você vê aqui. Acompanhe-os e contribua para o Patreon, se puder.)

Jéssica Silva vs. Jocilene Santana

Sim, “assustador” definitivamente combina com esse nocaute de Jessika Silva em um evento do Standout Fighting Tournament em São Paulo no fim de semana passado.

Lutas de kickboxing com luvas de MMA costumam ser receita de emoção e Silva manteve a fórmula com esse nivelamento absoluto de Jocilene Santana. Os chutes de Santana mal foram registrados por Silva, que avançou como Wanderlei antes de soltar as mãos. Você pode ver Santana saindo instantaneamente e o pouso definitivamente não está lhe ajudando em nada.

Você pode assistir a um replay gratuito do SFT 43 no YouTube.

Jack Axworthy x Alex Budoiu
Matis Zakharov vs. Leandro Lima

No Anthony Pettis FC 8 em Manchester, Inglaterra, tivemos alguns nocautes que foram mais do que valioso de ser incluído em Missed Fists.

Entenda, porque o nome desse cara é Jack Axworthy. Hehehehehehe…

Sério, nocaute incrível com spin kick. Mas talvez nem seja o melhor nocaute giratório deste show?

Aqui está Matiss Zaharovs com o final da semana do tipo pisque e você perdeu.

Como alguém treina para isso? O que a equipe diz ao lutador quando ele aparece para o próximo treino? “Cuidado com o punho giratório que nenhum ser humano poderia imaginar chegando?” Apenas um jogo brutal.

APFC 8 está disponível para repetição no UFC Fight Pass.

De forma mais leve, vamos dar uma olhada no recém-lançado veterano do UFC Charles Rosa, que retornou com sucesso à CES com uma finalização de Jonathan Gary.

Um belo momento para Rosa, que conquistou sua primeira vitória desde uma vitória dividida sobre Justin Jaynes em 2021. O momento ficou ainda melhor com o gesto pós-luta de Rosa ao doar seus ganhos para instituições de caridade.

Você pode assistir a luta de Rosa e o resto do CES 75 gratuitamente no Facebook.

Agora, de volta aos lutadores fazendo coisas horríveis uns com os outros.

Kamil Piatkiewicz vs. Kamil Uchman

Em uma disputa amadora do Octagon Fight League 13 (replay gratuito no YouTube) em Zawiercie, na Polônia, Kamil Piatkiewicz pegou Kamil Uchman com um belo chute na cabeça para a vitória.

Falo isso o tempo todo, entendo a necessidade do MMA amador, mas cara, saber que nenhum desses caras ganhou um centavo por essa luta me deixa inquieto.

Mukhamadzhon Kurbanov vs. Farkhod Davlyatov
Kerim Daudov vs. Rafael Celestino
Alexandra Savicheva vs. Anastasia Dyuzhikova
Zhasulan Meyrmanov vs. Asliddin Odilov
Murad Ibragimov vs. Beknazar Esenbaev

No Octagon 51, que não deve ser confundido com o Octagon-Fight-League (replay gratuito no YouTube), em Almaty, Cazaquistão, os fãs foram abençoados com vários destaques das finalizações dignas da noite, com o melhor acontecendo no principal evento.

O campeão peso pena, Mukhamadzhon Kurbanov, encerrou sua primeira defesa de título em grande estilo, derrubando Farkhod Davlyatov com um direto de esquerda no dinheiro.

Kurbanov está 3 a 0 em 2023, todas as finalizações, e merece pelo menos uma menção honrosa quando começarmos a distribuir os prêmios de final de ano.

Kerim Daudov também não teve um ano ruim, pois encerrou uma campanha de 3 a 0 com um nocaute de oito segundos sobre Rafael Celestino.

Três lutas em 2023, três finalizações no primeiro round, todas em menos de 90 segundos. Um para assistir, com certeza.

Enquanto fazemos repescagens dos lutadores do octógono, devemos destacar também a bela campanha da peso mosca Aleksandra Savicheva no segundo ano. Ela superou e finalizou a campeã Anastasia Dyuzhikova para melhorar para 3-1 no ano.

No início do card, Zhasulan Meyrmanov e Asliddin Odilov foram com martelo e tenaz antes de Meyrmanov encerrar a luta com uma guilhotina em pé.

Grande consciência do árbitro Tilek Bapanov ao reconhecer que Odilov estava fora e pegá-lo antes que ele caísse no tatame.

Beknazar Esenbaev não teve tanta sorte, pois foi jogado como um brinquedo por Murad Ibragimov. Ibragimov então começou a tocar a bateria de No ar hoje anoite na cabeça de Esenbaev para garantir a vitória.

E essa é uma maneira tão boa quanto qualquer outra de encerrarmos esta semana.

Enquete

Qual foi o momento mais memorável de Missed Fists esta semana?

  • 0%

    Nocaute único de Jessika Silva

    (0 votos)

  • 0%

    Chute giratório de Jack Axworthy

    (0 votos)

  • 0%

    O punho giratório de Matiss Zakharov

    (0 votos)

  • 0%

    Mão esquerda de Mukhamadzhon Kurbanov

    (0 votos)

  • 0%

    Outros (deixe um comentário abaixo)

    (0 votos)


0 votos no total

Vote agora


Se você souber de uma luta ou evento recente que você acha que pode ter sido esquecido, ou de uma promoção que precisa de atenção, informe-nos no Twitter – @AlexanderKLee — usando a hashtag #MissedFists.





Fonte: mma fighting