A moeda rara de 50 centavos que muitos brasileiros deixam passar


Já imaginou pegar um tesouro em suas mãos e passar ele para outra pessoa? Casos como estes são mais comuns do que se imagina no Brasil, sobretudo no mundo da numismática. Por falta de informação, a grande maioria dos brasileiros não consegue identificar os itens raros e acabam perdendo muito dinheiro.

A situação é ainda pior quando se sabe que boa parte das peças raras do Brasil ainda possuem valor monetário, ou seja, podem ser encontradas a qualquer momento em um trocado, por exemplo. Algumas destas moedas podem valer muito dinheiro no final das contas.

É o caso, por exemplo, da moeda de 50 centavos do ano de 1998, que vamos falar neste artigo. Trata-se de uma das peças mais valiosas desta família. O item pode valer muito mais do que o seu valor facial, se encontrado em determinadas condições.

A moeda de 50 centavos

Abaixo, listamos algumas das principais características da moeda de 50 centavos do ano de 1998. Mesmo sendo uma peça que foi posta em circulação há mais de 20 anos, o fato é que ela ainda pode ser facilmente encontrada em qualquer lugar do país. Veja como identificar:

  • Novo Padrão Monetário 2º Família Diversos Metais;
  • Plano Monetário: Padrão Real 2º Família (1998-atualmente);
  • Período: República;
  • Casa da Moeda: Rio de Janeiro;
  • Diâmetro: 23mm;
  • Peso: 9.25gr;
  • Metal: Cuproníquel;
  • Borda: Liso com inscrição *ORDEM E PROGRESSO*BRASIL;
  • Reverso: Moeda;
  • Desenho do Anverso: Efígie de José Maria da Silva Pacanhos Júnior e dísticos BRASIL e RIO BRANCO;
  • Desenho do Reverso: Valor, data e alusão à Bandeira Nacional.

Quanto vale esta peça

É importante frisar que em condições normais, isto é, sem nenhum erro de cunhagem, a moeda de 50 centavos do ano de 1998 não possui um valor interessante. Mas caso ela conte com um erro específico, ela poderá valer muito mais do que se imaginava inicialmente.

Estamos falando do erro de batida dupla, que ocorre quando a máquina bate duas vezes sobre uma mesma face. Neste caso, a batida dupla é facilmente detectada pela duplicação de várias figuras da peça tanto no anverso, como também no reverso.


Você também pode gostar:

Caso você encontre a moeda de 50 centavos de 1998 com a batida dupla, poderá vendê-la por nada menos do que R$ 35.

A moeda rara de 50 centavos que muitos brasileiros deixam passarA moeda rara de 50 centavos que muitos brasileiros deixam passar
Exemplo de moeda de 50 centavos com batida dupla. Imagem: Reprodução

Como descobrir se moedas são valiosas?

Segundo analistas, não há uma mágica para descobrir quais moedas ou cédulas que você guarda em sua casa são valiosas ou não. O que é possível adiantar é que não se trata de uma tarefa simples. Na grande maioria dos casos, as moedas são apenas comuns, de modo que encontrar uma peça rara tende a ser difícil.

Mas difícil não significa impossível. Um dos erros mais comuns cometidos pelas pessoas que procuram por estas moedas raras é imaginar que os itens mais antigos são os mais valiosos. Esta não é necessariamente uma informação verdadeira. Em muitos casos, vários outros pontos devem ser levados em consideração.

“Uma moeda emitida há duas décadas pode valer mais do que uma do Império ou da Colônia. O que dita o preço de uma peça não é a idade e, sim, a quantidade de moedas feitas naquele ano específico e o estado de conservação”, disse Bruno Pellizzari, vice-presidente da Sociedade Numismática Brasileira.

Como vender uma moeda

Encontrou esta ou qualquer outra moeda valiosa? O próximo passo é procurar saber qual é o valor exato daquela peça. Para tanto, o cidadão pode procurar uma loja especializada, que poderá ser virtual ou física. Uma outra opção é procurar uma casa de leilão numismático. Por todos estes caminhos, será possível confirmar o valor do níquel.

Uma das opções é a casa Brasil Moeda Leilões, que funciona de maneira virtual. Logo depois de encontrar a moeda, o cidadão vai poder cadastrar o item encontrado e enviar para uma avaliação. Na sequência, a Casa envia o valor. O cidadão poderá definir se vai colocar à venda ou não.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos