Agora você pode usar o FGTS para realizar suas viagens dos sonhos


Está pensando em viajar neste final de ano, mas o orçamento não está batendo? Talvez a operadora de turismo CVC tenha a solução para o seu problema. Nesta semana, a empresa anunciou que vai permitir o pagamento de viagens através de recursos obtidos com a antecipação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

Segundo as informações oficias, os clientes que têm interesse neste sistema já podem fazer uso do modelo de compra. Os detalhes sobre a nova modalidade podem ser consultados em toda a rede de agências, que conta com mais de 1 mil lojas espalhadas pelo país.

Como funciona o processo?

O processo está sendo executado em parceria com o Banco Digio, do Bradesco. Assim, pode-se dizer que a CVC se torna oficialmente a primeira empresa de turismo a oferecer a possibilidade de pagamento de viagens com a antecipação do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

“Nós nos tornamos correspondentes bancários do Digio para oferecer esta linha de crédito nas nossas mais de mil lojas em todo o Brasil”, afirmou Emerson Belan, diretor-geral da CVC Viagens.

“Existem 82 milhões de pessoas que possuem saldo no Fundo de Garantia, um valor que chega a R$ 488 bilhões”, diz Belan, destacando que a expectativa é que a nova linha de crédito responda por nada menos do que 10% do total de vendas da CVC nos próximos sete meses.

A linha de compra, aliás, vale também para as contas inativas do FGTS, o que pode abrir o leque do grupo de pessoas que poderão usufruir do novo sistema.

“O saque-aniversário do FGTS é um dinheiro que já é do cliente, mas é um benefício que ele normalmente não utiliza. Agora, na CVC, esse dinheiro pode se transformar em uma viagem incrível, beneficiando as mais de 82 milhões de pessoas que possuem saldo no Fundo de Garantia”, seguiu Belan.

Dados mais recentes divulgados pela Caixa Econômica Federal indicam que pouco mais de 32,7 milhões de brasileiros optaram pelo saque-aniversário.


Você também pode gostar:

Como contratar

O consumidor precisa se dirigir até uma loja CVC, com o aplicativo da Caixa Econômica Federal devidamente instalado no celular. Antes de chegar ao local, também é preciso habilitar o banco Digio para acessar as informações do Fundo.

Com estas informações em mãos, o atendente da CVC poderá realizar uma simulação com os seus dados. Assim, o cliente vai conseguir entender de quanto é possível antecipar o saldo para a compra de determinado pacote ou de uma viagem.

CVC inova: Agora você pode usar o FGTS para realizar suas viagens dos sonhosCVC inova: Agora você pode usar o FGTS para realizar suas viagens dos sonhos
Solicitação pode ser feita nas agências da CVC. Imagem: Divulgação

FGTS pode passar por mudanças

O julgamento da revisão do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) estava oficialmente na agenda do Supremo Tribunal Federal (STF) para esta quarta-feira (8). Entretanto, é possível, e até mesmo provável, que a discussão em torno do tema seja adiada mais uma vez.

Ao menos este é o pedido feito por um conjunto de Centrais Sindicais. Na última semana, os representantes dos trabalhadores se reuniram para pedir um tempo maior ao STF. O objetivo é esticar o prazo para conseguir chegar a um acordo com a área econômica do governo federal, sobre o novo formato de correção do FGTS.

Hoje, todo o dinheiro do FGTS é corrigido apenas pela Taxa Referencial, que é próxima de zero, mais um patamar extra de 3%. Trata-se, portanto, de um rendimento mais baixo do que a poupança, que atualmente rende 6,17% mais a TR ao ano.

O STF julga uma ação que questiona este tipo de correção do Fundo de Garantia. A ideia é entender se o atual formato é constitucional, ou se o governo federal vai precisar mudar a orientação, para que os trabalhadores passem a ter um ganho maior com o passar dos meses.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos