Consulte agora QUANTO contribuir para o INSS e o período máximo


A contribuição para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) é essencial para garantir um futuro financeiramente estável, especialmente durante a aposentadoria. No entanto, muitas pessoas têm dúvidas sobre como e quanto contribuir para o INSS, bem como por quanto tempo.

Neste artigo, vamos explorar os diferentes modelos de aposentadoria pelo INSS, os requisitos de contribuição, os valores e como solicitar a aposentadoria. Vamos começar!

Modelos de aposentadoria pelo INSS

O INSS oferece diferentes modelos de aposentadoria, cada um elaborado para atender às necessidades específicas dos trabalhadores, levando em conta suas contribuições previdenciárias e trajetória profissional. Vamos conhecer os principais modelos:

Aposentadoria por Idade

A aposentadoria por idade requer que os homens tenham no mínimo 65 anos e as mulheres 60 anos. Além disso, é necessário ter pelo menos 15 anos de contribuição ao INSS.

Aposentadoria por Tempo de Contribuição (Regra Nova – após a Reforma de 2019)

A nova regra de aposentadoria por tempo de contribuição estabelece uma idade mínima de 65 anos para homens e 62 anos para mulheres.

Aposentadoria por Idade Híbrida


Você também pode gostar:

A aposentadoria por idade híbrida é uma opção para trabalhadores rurais e urbanos que não atingiram o tempo de contribuição integral, mas completaram pelo menos 15 anos de contribuição e têm idade mínima de 60 anos para homens e 57 anos para mulheres.

Aposentadoria Especial

A aposentadoria especial é destinada a trabalhadores expostos a agentes prejudiciais à saúde. Geralmente, são necessários 25, 20 ou 15 anos de contribuição, dependendo do grau de insalubridade do trabalho.

A escolha do modelo de aposentadoria pelo INSS deve ser feita levando em consideração sua situação específica e objetivos para o futuro.

Valor da contribuição ao INSS

O valor da contribuição ao INSS varia conforme o salário de contribuição, limitado por um teto fixado anualmente. As alíquotas de contribuição também variam conforme o tipo de seguro e o valor do salário de contribuição. Confira a tabela de contribuição para o INSS:

Salário de contribuição Alíquota da contribuição previdenciária
Até R$ 1.320 7,5%
De R$ 1.302,01 até R$ 2.571,29 7,5% a 8,25%
De R$ 2.571,30 até R$ 3.856,94 8,25% a 9,5%
De R$ 3.856,95 até R$ 7.507,49 9,5% a 11,69%

Lembrando que esses valores são atualizados anualmente, portanto, é importante consultar as informações mais recentes.

Como calcular a aposentadoria pelo INSS

A aposentadoria pelo INSS é determinada a partir da média dos 80% dos maiores salários de contribuição do segurado, desde julho de 1994. Além disso, o valor da aposentadoria também é influenciado pelo fator previdenciário, que leva em conta a idade do trabalhador, o tempo de contribuição e a expectativa de vida.

Esses fatores combinados determinam o montante final da aposentadoria. Para calcular a aposentadoria pelo INSS, você pode usar a calculadora disponível no site. Basta seguir estas etapas:

  1. Informe seu sexo (feminino ou masculino).
  2. Informe sua idade atual.
  3. Informe com qual idade pretende se aposentar.
  4. Informe o tempo de contribuição (anos trabalhados) até o momento.
  5. Informe o valor médio de todos os salários diferentes no tempo de contribuição (somando todas as variações salariais e dividindo pela mesma quantidade).

Como solicitar a aposentadoria do INSS

Atualmente, todo o processo de solicitação das aposentadorias oferecidas pelo INSS é realizado online, por meio do portal ou aplicativo Meu INSS. No entanto, em casos excepcionais, é possível agendar um atendimento presencial através dos canais digitais ou pela Central de Atendimento pelo telefone 135.

Durante o processo de solicitação, é necessário ter em mãos uma série de documentos, como RG, CPF, Carteira de Trabalho, entre outros. Um item essencial é o requerimento do INSS indicando o tipo de aposentadoria desejada. É importante ressaltar que o processo de solicitação de uma aposentadoria pode ser minucioso, por isso, contar com a ajuda de um advogado especializado em direito previdenciário pode ser uma ótima opção.

Após a análise e o deferimento do pedido, o INSS enviará uma carta ao segurado com todas as informações sobre o pagamento do benefício.

Ademais, contribuir para o INSS é fundamental para garantir uma aposentadoria tranquila e financeiramente estável. Ao conhecer os modelos de aposentadoria, os requisitos de contribuição, os valores e como solicitar o benefício, você estará preparado para tomar as melhores decisões em relação ao seu futuro financeiro.

Lembre-se de se manter atualizado sobre as mudanças e atualizações nas regras do INSS para garantir uma aposentadoria tranquila e segura.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos