Estes países aceitam a CNH brasileira, confira


Saber quais países aceitam a CNH brasileira é fundamental para quem precisa viajar, pois ela se trata de um documento essencial para os motoristas. Desse modo, com o novo modelo da CNH, em vigor desde junho de 2022, o documento passou a ser aceito em vários países. 

Sendo assim, para que você saiba quais são esses países, reunimos algumas das principais informações para te passar. Portanto, não deixe de acompanhar a leitura até o final para não perder nada importante sobre esse assunto!

Quais países aceitam CNH brasileira? 

Conforme dito acima, desde a implementação do novo modelo de Carteira de Habilitação, muitos países aceitam CNH brasileira. 

Isso ocorre porque o novo documento inclui um recurso valioso: identificação das categorias com equivalência internacional, além de tradução em português, inglês e espanhol. Assim, isso torna mais fácil para as autoridades estrangeiras identificar as informações dos motoristas brasileiros quando eles estão fora do país.

Ademais, confira abaixo quais são os países que aceitam a Carteira de Habilitação brasileira:

Portugal

Primeiramente, é importante lembrar que desde setembro de 2023, motoristas brasileiros residentes em Portugal podem utilizar a CNH emitida no Brasil, graças a um acordo de reciprocidade entre os dois países. 

Assim, isso significa que não é mais necessário emitir um novo documento para dirigir nas estradas de Portugal. Contudo, vale lembrar que, segundo o acordo, a aceitação da CNH brasileira só ocorre se estiver dentro do prazo de validade.


Você também pode gostar:

Itália: acordo de 2018

Ademais, a Itália também assinou um decreto em 2018 que permite que brasileiros usem a CNH para dirigir no país. Da mesma forma, o entendimento se aplica aos italianos quando estão no Brasil. 

No entanto, a CNH brasileira perde a validade na Itália 1 ano após o condutor obter residência legal no país.

Dessa maneira, a habilitação italiana não é mais válida no Brasil após 180 dias de estada no território nacional.

Espanha: acordo de reconhecimento recíproco

Em 2009, Brasil e Espanha firmaram um acordo de reconhecimento recíproco e troca de carteiras de habilitação. Sendo assim, esse acordo permite que o titular de uma permissão ou licença para conduzir válida e em vigor expedida por um desses países possa dirigir temporariamente no território do outro por um período de 180 dias. 

Entretanto, a permissão vale apenas para as categorias de veículos a motor estipuladas na permissão ou licença original. Então, após 180 dias, é possível obter, por meio de troca, uma permissão ou licença equivalente à que o motorista tinha no outro país, desde que ele estabeleça residência legal.

Estes países aceitam a CNH brasileira, confiraEstes países aceitam a CNH brasileira, confira
Estes países aceitam a CNH brasileira, confira. Foto: Canva

Marrocos

No Marrocos, os motoristas podem usar a CNH brasileira por até 1 ano. Então, após esse período, os cidadãos brasileiros devem submeter-se a um exame local para obter uma carteira de habilitação marroquina.

Estados Unidos

Nos Estados Unidos, embora a Permissão Internacional de Dirigir (PID) não seja obrigatória, é altamente recomendada. 

Ademais, em alguns estados, existem restrições de idade para alugar carros, tornando a PID uma opção sensata para os turistas. Assim, é aconselhável estudar as regras locais dos estados norte-americanos que você planeja visitar.

Canadá

No Canadá, os condutores podem usar a CNH brasileira por 90 dias após a entrada do titular no país. Sendo assim, depois desse período, o motorista deve solicitar uma carteira de habilitação canadense.

Uruguai

No Uruguai, a CNH brasileira é permitida para fins de condução, embora não seja considerada um documento de identificação para ingresso no país. No entanto, cabe observar que ela deve estar dentro do prazo de validade e em bom estado de conservação.

Argentina: 90 dias de utilização

Na Argentina, a CNH brasileira é suficiente para que os turistas brasileiros conduzam veículos por até 90 dias.

Colômbia: válido durante a estadia

Para os brasileiros que visitam a Colômbia, é importante saber que podem usar a CNH brasileira para dirigir durante o período autorizado no momento da entrada no país.

Panamá: uso por 90 dias

Os motoristas brasileiros podem usar a CNH no Panamá por até 90 dias. Após esse período, é necessário obter uma carteira de habilitação panamenha. Além disso, a falta de um documento válido pode resultar em multas, interrogatórios e detenção.

Respeite as regras de utilização

Por fim, vale ressaltar que a CNH brasileira é um documento poderoso que permite que os motoristas brasileiros conduzam em vários países ao redor do mundo. No entanto, é importante respeitar as regras e regulamentos específicos de cada nação para evitar problemas legais ou contratempos durante sua viagem. 

Agora que você já sabe quais países aceitam a CNH brasileira e o que fazer, deixe nos comentários a sua opinião sobre este assunto!

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos