Governo lança o Observatório do Cadúnico. Veja como vai funcionar


O Governo Federal lançou na manhã desta terça-feira (21), o Observatório do Cadastro Único. Trata-se de uma plataforma que vai indicar os dados gerais dos usuários que fazem parte do Cadúnico em todas as regiões do país. A ideia é jogar luz sobre os números de pessoas em situação de vulnerabilidade social no Brasil.

O Cadastro Único é uma espécie de lista do governo federal que reúne os nomes das pessoas que estão em situação de pobreza e de extrema-pobreza no Brasil. É a partir dos dados desta lista que o poder executivo pode direcionar políticas públicas para uma determinada região.

Imagine, por exemplo, que os dados do Cadastro Único apontem que uma cidade no interior de Santa Catarina está om números crescentes de mães em situação de pobreza. A partir destes dados, o governo pode criar um programa específico para tentar ajudar as mães que estão passando por esta situação.

“Ampliar o aproveitamento dos dados do Cadastro Único para a gestão de políticas públicas. Com essa finalidade, o Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS) lança o Observatório do Cadastro Único, ferramenta que possibilitará examinar indicadores socioeconômicos de milhões de famílias em situação de vulnerabilidade e, assim, qualificar a atuação do poder público”, diz o Ministério.

A plataforma do Cadúnico

“O objetivo da nova plataforma é contribuir com a realização de diagnóstico, monitoramento e avaliação integrada, como, por exemplo, a realização de Busca Ativa e demais funções de planejamento e qualificação do Cadastro Único nos territórios”, diz o Ministério do Desenvolvimento Social.

A busca ativa é uma espécie de método criado pelo governo para que os assistentes sociais busquem por pessoas que estão em situação de vulnerabilidade social, mas que não estão inscritos no Cadúnico. Como estas pessoas não fazem parte da lista, o governo acaba não sabendo o que realmente está acontecendo em uma determinada região, por exemplo.

Governo lança o Observatório do Cadúnico. Veja como vai funcionarGoverno lança o Observatório do Cadúnico. Veja como vai funcionar
Cadúnico é porta de entrada para diversos programas sociais. Imagem: MDS

Quem poderá acessar a plataforma


Você também pode gostar:

De acordo com o Ministério, a ideia de criação da plataforma do Cadastro Único não é atender ao público em geral, mas apenas as pessoas que fazem parte do trabalho de assistência social no Brasil. A ideia é que eles usem este sistema para ajudar no processo de atendimento aos cidadãos.

“O público alvo é formado por profissionais do Cadastro Único, da Gestão do SUAS, em especial os que atuam em atribuições de vigilância Socioassistencial, monitoramento, avaliação, estudos e pesquisas, bem como profissionais de outras áreas que utilizam as dados e ferramentas informacionais disponibilizadas no portal do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome”.

Porta de entrada do Bolsa Família

Vale lembrar que o Cadúnico é a porta de entrada para uma série de programas sociais do governo federal. É o caso, por exemplo, do Bolsa Família. Este benefício social atende nada menos do que 21 milhões de pessoas de todas as regiões do Brasil. Em comum: todas elas fazem parte do Cadastro Único.

Os pagamentos de novembro do Bolsa Família seguem ocorrendo normalmente no decorrer desta semana. Nesta terça-feira (21), por exemplo, é a vez dos usuários que possuem o Número de Identificação Social (NIS) final 3. O dinheiro está na conta desde as primeiras horas da manhã.

Abaixo, você pode conferir o calendário detalhado de pagamentos do Bolsa Família para este mês de novembro, considerando o calendário divulgado pelo Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome.

  • Usuários com NIS terminado em 1: 17 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 2: 20 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 3: 21 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 4: 22 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 5: 23 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 6: 24 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 7: 27 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 8: 28 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 9: 29 de novembro;
  • Usuários com NIS terminado em 0: 30 de novembro.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos