INSS apresenta NOVA ferramenta para requerimento do auxílio-doença.


O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) apresenta uma inovação que visa facilitar a interação com os beneficiários: a realização da perícia médica de forma online.

Essa novidade elimina a necessidade de deslocamento até uma unidade física, proporcionando maior comodidade aos cidadãos.

A realização da perícia médica online é especialmente vantajosa para aqueles que dependem do auxílio-doença, uma prestação crucial para os segurados da Previdência Social que se encontram incapazes de trabalhar, seja por motivos físicos ou mentais.

É importante ressaltar que, para ter direito a esse benefício, é necessário possuir uma licença médica com duração superior a 15 dias, uma vez que os primeiros 15 dias de afastamento são cobertos pelo empregador.

No decorrer da perícia, conduzida quando solicitada, o profissional de saúde do INSS avaliará se a incapacidade apresentada é justificativa para o afastamento do trabalho e determinará o período necessário para a concessão do benefício.

Sem dúvidas, essa abordagem online simplifica e agiliza o processo, proporcionando aos beneficiários maior comodidade e reduzindo a necessidade de deslocamentos.

Além disso, atua diretamente no enfrentamento da fila de espera do instituto, problema esse que tem sido pauta no governo.

Enfim, para mais detalhes sobre essa significativa inovação no sistema do INSS e como ela pode beneficiar os segurados, continue a leitura no texto abaixo.

Alterações Adicionais no INSS


Você também pode gostar:

INSSINSS
Solicitação e prorrogação do auxílio-doença do INSS pode ser feita de forma online.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) anunciou recentemente outra uma mudança relevante em suas políticas, permitindo o adiamento do auxílio-doença.

Dessa forma, a medida oferece aos beneficiários a opção de postergar o recebimento do auxílio por um período de 30 dias, com a possibilidade de prorrogação conforme necessário.

A flexibilidade proporcionada por essa nova regra é especialmente benéfica para aqueles que têm um auxílio-doença em andamento.

A extensão do benefício pode ser solicitada, contudo, o interessado deverá passar por uma nova perícia médica para avaliar o estado de saúde atual. Esta avaliação é crucial para garantir a continuidade do auxílio e assegurar que o benefício seja estendido pelo tempo necessário.

A inclusão desse adiamento no rol de opções disponíveis pelo INSS vai contribuir muito para assegurar o benefício, flexibilizando o acesso  diante de circunstâncias imprevistas.

Com essa mudança o INSS busca atender melhor às necessidades da população, reconhecendo a importância de adaptar as políticas previdenciárias para melhor servir aos cidadãos.

Você pode se interessar em ler também:

Novo procedimento simplifica pedido de prorrogação do Auxílio-Doença

Como mencionamos anteriormente, recentemente foi divulgada uma notícia promissora para os trabalhadores em todo o Brasil: o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) implementou uma atualização significativa no processo de concessão do auxílio-doença.

Agora, os beneficiários desse auxílio por incapacidade temporária contarão com a praticidade da prorrogação automática.

Para solicitar essa extensão do benefício, o processo tornou-se mais acessível e eficiente.

Com isso, os interessados devem realizar o pedido por meio da plataforma online do Meu INSS, disponível no site oficial. Aqui estão as etapas simplificadas para solicitar a prorrogação:

  1. Acesse o Meu INSS: A solicitação deve ser feita por meio da plataforma online do Meu INSS, disponível no site oficial do órgão. Assim, certifique-se de estar utilizando a versão mais atualizada da plataforma para acessar a nova opção de prorrogação;
  2. Atualização do Sistema: O sistema foi aprimorado para incluir a nova funcionalidade de prorrogação automática. Ao acessar a plataforma, verifique se há atualizações disponíveis para garantir que você esteja utilizando a versão mais recente do sistema;
  3. Prazo para Solicitação: É fundamental realizar o pedido com antecedência. Solicite a prorrogação até 15 dias antes da data prevista para o término do período original do auxílio-doença;
  4. Duração Inicial: Antes de tudo, vale pontuar que a prorrogação automática tem uma duração padrão de 30 dias. Assim, a extensão inicial busca oferecer um suporte contínuo aos beneficiários enquanto ainda estão em processo de recuperação;
  5. Flexibilidade para Recuperação Total: Caso seja necessário, os trabalhadores têm a flexibilidade de estender esse prazo. Dessa forma, a prorrogação pode ser solicitada consecutivamente até que o beneficiário esteja completamente recuperado.

Enfim, com essa nova funcionalidade, o INSS vai tornar o processo de solicitação e prorrogação do auxílio-doença mais eficiente e acessível aos beneficiários, durante o seu período de afastamento por motivos de saúde.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos