Jake Paul anuncia oponente para a luta de boxe de 15 de dezembro


Jake Paul nomeou seu próximo oponente.

Em 15 de dezembro no Caribe Royale Resort em Orlando, Flórida, Paul (7-1, 4 KOs) luta contra Andre August (10-1-1, 5 KOs) em uma luta de boxe profissional marcada para oito rounds. A luta será disputada no peso cruiser.

A Most Valuable Promotions anunciou a luta por meio de comunicado à imprensa na quarta-feira. Veja a postagem nas redes sociais sobre o confronto abaixo.

Paul vem de uma vitória por decisão unânime sobre o ex-astro do UFC Nate Diaz em agosto passado. Essa vitória ajudou Paul a se recuperar de uma derrota por decisão dividida para o rival de longa data Tommy Fury. Para Paul, um ex-YouTuber que virou boxeador profissional, August é um afastamento de seu padrão de oponentes, que era composto principalmente por outros influenciadores e destaques do MMA, como Anderson Silva, Tyron Woodley e Ben Askren.

“Sou boxeador profissional e quero ser campeão mundial, então preciso seguir o caminho da grandeza contra pessoas que lutaram boxe a vida toda”, disse Paul no comunicado. “Até agora, toda a minha carreira no boxe foi no pay-per-view, mas agora é mais do que negócios. Agora quero construir minha experiência no ringue contra lutadores experientes. Venho provar minha grandeza na sexta-feira, 15 de dezembro, ao vivo no DAZN para o mundo ver.”

August recentemente devolveu o anel após um hiato de quatro anos. Em agosto passado, ele venceu Brandon Martin por decisão unânime em St.

“Eu não falo muito”, disse August no comunicado. “Eu adoro essa ação! Jake Paul tem o dinheiro, a fama, a equipe e os recursos, mas não tem a minha fome. Quando a campainha tocar, irei direto até Jake Paul, tocarei a campainha e mandá-lo de volta ao YouTube para sempre.”

Também definido para competir no card, Shadasia Green (13-0, 11 KOs) luta contra Franchón Crews-Dezurn (8-2, 2 KOs) por um título vago dos super-médios WBC.

Paul vs. August vai ao ar ao vivo no DAZN e estará disponível por meio de assinatura padrão do serviço, sem cobrança separada de pay-per-view.



Fonte: mma fighting