NINGUÉM MERECE! Canais e Status do WhatsApp poderá ter propaganda


O WhatsApp, um dos principais aplicativos da Meta, está planejando adotar novas estratégias de monetização. Segundo Will Cathcart, presidente do WhatsApp, a empresa está considerando a possibilidade de inserir propagandas nos Canais e nos Status. Atualmente, os serviços oferecidos para pequenos negócios e grandes empresas são a principal fonte de receita para o mensageiro.

WhatsApp: Novas Oportunidades de Receita

Em uma entrevista concedida à Folha de S.Paulo, Cathcart esclareceu que o WhatsApp não está planejando nem discutindo a inserção de anúncios na caixa de entrada, ou seja, na tela de Conversas do aplicativo. No entanto, ele destacou que outras áreas do app poderão receber anúncios, mencionando especificamente os Canais e os Status.

Anúncios nos Status: Uma Possibilidade Antiga

A possibilidade de inserir anúncios nos Status do WhatsApp tem sido discutida há anos. Em 2020, já se esperava o lançamento desse recurso. Considerando que os Status são semelhantes aos Stories do Facebook e do Instagram, não seria difícil implementar esse formato. Nas outras redes sociais, os anúncios são exibidos quando o usuário passa de uma publicação para a próxima.

Canais: Uma Novidade Recente

Os Canais são uma funcionalidade recente do WhatsApp, que foi disponibilizada para todos os países em setembro de 2023. Eles funcionam como páginas públicas que podem ser seguidas por outros usuários. O Telegram já possui um recurso semelhante há algum tempo. Cathcart mencionou que os donos de Canais poderiam cobrar assinaturas, tornando-os exclusivos, ou promover seus Canais dentro do aplicativo.

WhatsApp: Atuais Fontes de Receita

Além das possibilidades de anúncios em Canais e Status, Cathcart explicou quais são as duas principais formas de monetização do WhatsApp atualmente.


Você também pode gostar:

Serviços para Pequenas Empresas

Uma das formas de receita do WhatsApp é por meio dos serviços oferecidos para pequenas empresas, como a possibilidade de anunciar seus números no Facebook e no Instagram. Essa é uma estratégia importante, já que muitos negócios menores não possuem sites e utilizam o WhatsApp como principal canal de comunicação.

Serviços para Grandes Empresas

O WhatsApp também oferece serviços para grandes empresas, disponibilizando uma API paga para integração com sistemas de atendimento ao cliente já existentes. Isso permite que os consumidores entrem em contato com as empresas por meio do aplicativo, enquanto a empresa pode responder utilizando seu sistema de atendimento atual.

De acordo com Cathcart, as ferramentas de mensagens da Meta, incluindo o Facebook Messenger e o Instagram, geram uma receita de US$ 10 bilhões por ano.

Ademais, com as recentes declarações do presidente do WhatsApp, fica claro que a empresa está buscando novas maneiras de gerar receita além dos serviços oferecidos para empresas. A inserção de anúncios nos Canais e nos Status pode ser uma forma de monetização interessante, desde que seja feita de maneira cuidadosa para não prejudicar a experiência dos usuários.

O WhatsApp continua sendo uma plataforma popular e amplamente utilizada, e a diversificação de suas fontes de receita pode garantir sua sustentabilidade no longo prazo. Resta aguardar para ver como essas possíveis mudanças serão implementadas e como os usuários irão reagir a elas.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos