Por que os brasileiros estão ALIVIADOS por conta da PERÍCIA MÉDICA?


Quando o segurado se encontra em uma condição de limitação física ou mental, seja ela temporária ou permanente, ele tem direito aos benefícios do INSS. O primeiro passo para receber esses benefícios, no entanto, consiste em marcar uma perícia médica junto ao órgão e obter um laudo de um médico credenciado pela Previdência Social.

Todos os trabalhadores com registro em carteira, assim como aqueles que optam por ser segurados voluntários ou individuais, têm o direito de receber auxílios previdenciários. Contudo, os benefícios relacionados à incapacidade só são concedidos após agendar a perícia médica junto ao INSS, um procedimento destinado à avaliação médica.

O que é mesmo a perícia médica do INSS?

A avaliação médica realizada pelo INSS é uma análise do estado físico e mental feita por um perito certificado pela Previdência Social. Mesmo que um médico tenha emitido um laudo atestando a incapacidade do indivíduo para continuar trabalhando, a avaliação do médico do INSS é considerada decisiva.

Quando alguém agenda uma perícia junto a autarquia, deve-se comparecer à agência mais próxima para o exame. Durante a consulta, o perito examina o paciente, faz questionamentos e avalia como essa incapacidade afeta a capacidade do trabalhador de retornar ao seu emprego.

No caso de trabalhadores com emprego formal e registro em carteira, a perícia médica do INSS deve ser agendada a partir do 16º dia de afastamento do trabalho. Se o atestado tiver duração de apenas 15 dias, a responsabilidade pelo pagamento do salário recai sobre a própria empresa.

Existem também modalidades de perícia do INSS que não ocorrem na agência:

  • Perícia hospitalar – Realizada no hospital quando o trabalhador está internado. Nesse caso, dois dias antes da data agendada na agência, um representante deve comparecer ao local com documentação que comprove a necessidade da realização da perícia no hospital;
  • Domiciliar – Quando o trabalhador está acamado, ele tem o direito de passar pela perícia em casa, seguindo as mesmas regras da modalidade anterior;
  • Perícia em outra localidade: se o segurado estiver em tratamento hospitalar em outro município ou localidade, basta levar os documentos que comprovem a internação na agência onde a perícia foi originalmente marcada.
Por que os brasileiros estão ALIVIADOS por conta da PERÍCIA MÉDICA?Por que os brasileiros estão ALIVIADOS por conta da PERÍCIA MÉDICA?
A dispensa ainda beneficiará muitos brasileiros – Imagem: JusBrasil


Você também pode gostar:

Quem tem a necessidade de agendamento da perícia?

Todos os indivíduos que desejam solicitar benefícios relacionados à incapacidade física ou mental são obrigados a agendar uma perícia junto ao INSS. Isso se aplica aos benefícios, tais como:

  • Auxílio-doença;
  • Aposentadoria por invalidez;
  • BPC.

De acordo com dados do órgão de junho de 2023, mais de 500 mil pessoas estão aguardando a realização da perícia médica do INSS para receberem seus benefícios sociais. Essa perícia é fundamental para determinar a elegibilidade e a extensão dos pagamentos concedidos às pessoas que enfrentam incapacidades físicas ou mentais. Dessa forma, é garantido que recebam o apoio necessário de acordo com suas condições.

Como agendar a avaliação do INSS online?

Para agendar uma perícia no INSS, os interessados podem utilizar os canais online, como o aplicativo ou o site. É necessário escolher a agência mais próxima e selecionar a data e o horário, disponíveis pelo sistema. Aqui estão os passos para agendar a perícia online:

  • Acesse o Meu INSS e faça login na plataforma Gov.br;
  • Clique na opção “Agendar Perícia” e, em seguida, em “Novo Requerimento”;
  • Escolha entre “Perícia Inicial” se for a primeira vez que está solicitando a perícia ou “Perícia de Prorrogação” se já estiver recebendo algum benefício;
  • Siga as orientações apresentadas na tela;
  • Preencha todas as informações necessárias para concluir o seu pedido.

Esse processo online torna mais fácil para os beneficiários agendarem sua perícia médica no INSS, economizando tempo e simplificando o acesso aos serviços da Previdência Social.

Documentos necessários

É crucial lembrar da importância de levar todos os documentos necessários para comprovar sua incapacidade ao agendar uma perícia no INSS. Caso faltem documentos, há o risco de que o benefício seja recusado. Antes de se dirigir à agência, é aconselhável separar os seguintes documentos:

  • Documento de identificação com foto;
  • Carteira de trabalho;
  • Comprovante de endereço;
  • ASO (Atestado de Saúde Ocupacional) emitido pelo médico do trabalho, que atesta a condição de saúde do trabalhador;
  • Carta elaborada pela empresa onde seja declarada a data do último dia de trabalho;
  • Atestado médico que descreva o quadro clínico, diagnóstico e tratamentos, com assinatura, carimbo e endereço do profissional que o emitiu;
  • Exames de sangue e de imagem que comprovem a doença ou lesão;
  • Todas as receitas que indiquem a medicação utilizada pelo paciente.

Garantir que todos esses documentos estejam em ordem e disponíveis para a perícia médica ajuda a facilitar o processo de avaliação. Assim, aumentam-se as chances de receber o benefício adequado.

Como reagendar perícia médica do INSS?

Para reagendar a perícia médica do INSS, você pode utilizar o mesmo sistema online. Siga os passos abaixo:

  • Faça login no Meu INSS;
  • Clique em “Agendar perícia” e, em seguida, em “Novo Requerimento”;
  • Selecione a opção “Remarcar Perícia” e clique em “Selecionar”;
  • Siga as instruções do sistema e forneça seus dados para remarcar a perícia.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos