saiba tudo sobre o mês de incentivo à prevenção do câncer de próstata


Segundo informações do INCA (Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva), depois do câncer de pele, o câncer mais recorrente entre os homens brasileiros é o câncer de próstata. Sendo assim, a conscientização se faz crucial, por isso a importância do novembro azul, um período onde se intensificam as campanhas tanto informativas, quanto de atendimento.

Um dos fatores mais preponderantes para o desenvolvimento da doença é a hereditariedade. Além disso, a doença é assintomática em sua fase inicial, o que dificulta um diagnóstico precoce se não houver o exame.

Isso faz com que seja ainda mais grave a não realização do exame preventivo de rotina. E muitos homens, não fazem por desconhecimento ou medo.

De acordo com explicações de Fernando Zamprogno, médico oncologista da rede hospitalar Kora Saúde, o aparecimento de sintomas neste tipo de câncer geralmente é indicativo de estágio avançado, o que dificulta a cura. 

Quer saber mais sobre o câncer de próstata e sobre Novembro Azul? Continue a leitura do texto até o final!

Características do câncer de próstata

O câncer de próstata é uma neoplasia que se desenvolve na glândula prostática, uma parte do sistema reprodutor masculino. Possui características distintivas que o tornam uma preocupação significativa em saúde. Aqui estão algumas das principais características do câncer de próstata:

  1. Incidência elevada: O câncer de próstata é um dos tipos mais comuns de câncer em homens, sendo mais comum em homens mais velhos;
  2. Desenvolvimento lento: Em muitos casos, o câncer de próstata cresce de forma lenta e pode não causar sintomas por um longo período. Aliás, alguns homens podem conviver com a doença por anos sem saberem.
  3. Sintomas: Quando sintomas ocorrem, podem incluir dificuldade em urinar, micção frequente, sangue na urina ou sêmen, dor óssea e disfunção erétil. No entanto, esses sintomas também podem ser causados por condições não cancerosas;
  4. Diagnóstico: O diagnóstico é geralmente feito por meio de exames, incluindo o exame de sangue PSA (antígeno prostático específico) e a biópsia da próstata, que envolve a coleta de pequenas amostras de tecido para análise.
  5. Tratamento: As opções de tratamento variam e dependem do estágio do câncer, da idade do paciente e de outros fatores. Elas podem incluir vigilância ativa, cirurgia, radioterapia, terapia hormonal e quimioterapia;
  1. Risco genético: A história familiar de câncer de próstata aumenta o risco da doença, assim como mutações genéticas hereditárias, como BRCA1 e BRCA2;
  2. Prevenção: A adoção de um estilo de vida saudável, incluindo dieta equilibrada e atividade física, pode reduzir o risco de desenvolver câncer de próstata.


Você também pode gostar:

Principais fatores de risco para o desenvolvimento do câncer de próstata 

Conforme mencionamos anteriormente, um dos fatores de risco, é a genética. Afinal, aproximadamente 20% dos casos desse tipo da doença, apresenta relação com a hereditariedade. 

Outra constatação significativa é a preponderância da doença entre a raça negra.

Além disso, o envelhecimento do homem também entra como fator de risco, aumentando as chances de desenvolver, à medida que aumenta a idade. 

Aparecimento dos sintomas do câncer de próstata 

De acordo com o que já expusemos, o câncer de próstata não dá sinais logo no início, ou seja, na etapa em que a cura seria mais fácil. Sendo assim, rastrear a doença ganha ainda mais importância. Esse rastreio pode ser feito através do toque retal e ou por meio do PSA. 

Ao esperar pelos sintomas, que em muitos casos nem chegam a aparecer, diminui muito a chance de cura.

Então, quando os sintomas aparecem, é possível observar:

  • Dores no local;
  • Dificuldade para urinar;
  • Em alguns casos pode haver sangramento. 

Importância de campanhas como Novembro Azul 

Por fim, cabe ressaltar o papel vital das campanhas que buscam conscientizar sobre a importância da prevenção, fazendo o rastreio. 

Identificar o problema precocemente faz toda a diferença para a cura.  Enquanto você lê este artigo, uma quantidade gigantesca de homens ao redor do planeta, pode estar com o câncer de próstata, se desenvolvendo em seu corpo, sem nenhuma consciência disso. 

Assim, a procura pela doença, através de rastreio, é o único caminho seguro. Pois, se o rastreamento apontar algum achado importante, é possível investigar através da biópsia.

O rastreamento funciona como um filtro, selecionando potenciais problemas para realizar investigação mais a fundo. Com esse procedimento é possível fazer a detecção a tempo de salvar vidas. 

Contudo, para que isso ocorra, é necessário que os homens busquem o atendimento, e isso só acontece a partir da conscientização da importância desse hábito.

Agora que você já sabe da importância do Novembro Azul para conscientização e prevenção do câncer de próstata, ajude a divulgar. Volte para mais informações.

Participe de nosso Whatsapp e fique informado(a) em tempo real gratuitamente.



Fonte: Notícias Concursos