Vídeo: Manifestantes pró-Palestina prendem o ex-campeão do UFC Jamahal Hill na cidade de Nova York


O ex-campeão meio-pesado do UFC Jamahal Hill ficou brevemente preso no meio de um protesto pró-Palestina na cidade de Nova York na sexta-feira.

Hill disse que foi atingido por algo na testa quando os manifestantes supostamente quebraram uma janela da van em que ele e sua equipe viajavam, disse ele em um vídeo postado no Instagram. Em outro vídeo, o ex-campeão foi impedido de sair da van. Mais tarde, ele apelou aos seus apoiantes para “virem tirar estas pessoas do nosso autocarro” enquanto os manifestantes cercavam o veículo.

Em outro vídeo postado no Instagram, um homem identificado pelo gerente de Hill como o motorista da van pode ser visto confrontando os manifestantes depois que eles abriram a porta, o que o levou a fechá-la com força.

Em uma mensagem de texto para o MMA Fighting, o empresário Brian Butler da Suckerpunch Entertainment escreveu que não houve feridos no incidente. Ele disse que a van ficou presa por 10 a 15 minutos antes que a segurança do UFC e a polícia de Nova York chegassem a pé para ajudar.

“Os pneus foram todos rasgados, então não pudemos ir longe”, escreveu Butler. “Acabei saindo e andando o resto do caminho depois de limparmos o local. Poderia ter dado muito, muito errado, mas felizmente não deu.”

Hill e sua equipe estavam no centro de Nova York para um evento de fãs na boate Nebula NY, após a pesagem cerimonial do UFC 295 no Madison Square Garden. Hill pode enfrentar o vencedor da luta principal de sábado, uma luta pelo título vago dos meio-pesados ​​entre Jiri Prochazka e Alex Pereira. Ele abriu mão do título no início deste ano após sofrer uma lesão no calcanhar de Aquiles.

O protesto marcou a segunda noite em que manifestantes pró-Palestina fecharam o trânsito no centro de Manhattan. Milhares de pessoas participaram do protesto, exigindo um cessar-fogo na guerra em curso entre Israel e a Palestina. Seis foram presos por conduta desordeira, de acordo com uma afiliada local da ABC.

Confira o vídeo que Hill postou sobre o incidente.





Fonte: mma fighting