Vídeo: Mike Perry e Eddie Alvarez trocam tiros no corpo após confronto acalorado antes do BKFC 56


Mike Perry e Eddie Alvarez pareciam prontos para começar a trabalhar mais cedo do que o programado, após um confronto acalorado pela luta pelo título do “Rei da Violência” no BKFC 56 em 2 de dezembro.

Após uma coletiva de imprensa em que os ex-lutadores do UFC trocaram insultos, eles finalmente se reuniram para um olhar fixo habitual, e Perry não perdeu tempo cantando para Alvarez.

“Você é tão baixo”, disse Perry a Alvarez. “Eu sou tão bom nessa merda de boxe. Eu juro que sou tão bom. Você não tem chance.”

Com o presidente do BKFC, David Feldman, fazendo o possível para permanecer entre eles, Perry e Alvarez se separaram do confronto para depois se voltarem para a mídia em busca de fotos, mas nenhum dos dois estava disposto a ceder um centímetro de espaço. Alvarez esbarrou em Perry enquanto eles disputavam uma posição no palco.

Antes de finalmente se separarem, Perry fez um movimento como se fosse dar um soco no estômago de Alvarez, e o ex-campeão dos leves do UFC respondeu com o dedo médio na cara do oponente. Perry então bateu em Alvarez no meio, e Alvarez voltou com um de sua autoria.

Perry então respondeu com mais alguns socos, e Alvarez retribuiu o favor com mais alguns. Feldman se interpôs entre eles antes que a situação pudesse piorar. Ao sair, Perry gritou “é fácil” ao sair do palco.

Durante a coletiva de imprensa, Perry comentou repetidamente sobre o tamanho de Alvarez. Alvarez sobe para 175 libras depois de passar a maior parte de sua carreira no MMA competindo no peso leve.

“Vou fazer com que pareça fácil quando eu for lá e quebrar a cara dele”, disse Perry. “Eddie está ali parecendo todo gordo e inchado e tentando chegar a 175. Certifique-se de colocar os socos em câmera lenta, para que você possa ver o efeito cascata.”

Quanto a Alvarez, ele elogiou o BKFC criando um título de “Rei da Violência” para esta próxima luta porque Perry nunca conquistou um campeonato durante sua carreira.

“Se acontecer de você vencer, este será seu primeiro título, certo?” Alvarez disse. “Porque você nunca ganhou um. Nunca. Nunca tive cinto. Fiquei muito feliz quando eles fizeram um cinturão, porque eu sabia que não dá para ganhar. Isso funciona perfeitamente para mim.

Perry tem a chance de reivindicar o cinturão de “Rei da Violência” quando enfrentar Alvarez na luta principal em 2 de dezembro em Salt Lake City.



Fonte: mma fighting