O oponente de Travis Kelce, que é um grande Swiftie, implora a Taylor Swift para escrever uma música sobre a vitória do Bills sobre os Chiefs


Fou Notas de búfalo tight end novato Dalton Kincaido confronto de seu time contra o Chefes de Kansas City foi mais do que apenas um jogo importante no Classificação dos playoffs da AFC.

Os mundos colidiram no domingo para Kincaid, um enorme Taylor Swift fã que desempenha a mesma posição do namorado, o tight end do Chiefs Travis Kelce. Ele só percebeu depois do jogo que estava a poucos centímetros de conhecer Swift, quando ela chegou sozinha para Estádio Ponta de Flecha.

A reação de Kincaid ao tocar na frente de Taylor Swift

Após o jogo, a repórter do Bills, Katherine Fitzgerald, disse que Kincaid estava assistindo ao vídeo da chegada de Swift ao vestiário e mostrando-o aos seus companheiros, maravilhado com o quão próxima ela era dele. Fitzgerald certamente perguntaria a Kincaid sobre tocar na frente da mega estrela da música, e ela postou sua resposta no Xantigo Twitter.

“Quer dizer, tenho certeza de que ela está chateada”, disse Kincaid. “Talvez tenhamos uma música escrita sobre o jogo.”

Ele está certo ao dizer que ela, ou qualquer torcedor do Chiefs, ficaria chateado. Os Chiefs continuaram as lutas ofensivas recentes na derrota por 20-17o que foi um grande golpe para as chances de Kansas City ganhar jogos em casa nos playoffs da AFC.

O maior momento do jogo foi um jogada incrível de Travis Kelceque pegou um passe de Patrick Mahomes no lance final dos Chiefs, em seguida, lançou um lateral espontâneo para Kadarius Toney enquanto ele estava sendo abordado, permitindo que o wide receiver entrasse na end zone para o que parecia ser um touchdown verde. No entanto, foi negado devido a um pênalti em Toneycustando aos Chiefs o jogo e à amada Kelce de Swift a chance de ser o herói.

As reviravoltas da temporada dos Chiefs foram dramáticas o suficiente para gerar um álbum inteiro de seu fã mais notável. Kincaid, que terminou com cinco recepções contra Kansas City, só espera estar nas notas de rodapé.





Fonte: Jornal Marca