2 formas de garantir conta de luz GRATUITA para idosos


A conta de luz é um dos gastos essenciais no orçamento mensal das famílias brasileiras. Com o recente reajuste anunciado pela Aneel, muitos estão em busca de alternativas para pagar menos no final do mês. Os idosos, em particular, têm duas opções para garantir descontos ou até mesmo a isenção total da conta de luz: a iniciativa do Governo Federal e os programas ofertados pelas distribuidoras de energia.

Programa da Cemig: 2 Anos Sem Conta

A Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) oferece um programa chamado “2 Anos Sem Conta” para os idosos. Essa iniciativa permite que eles tenham até dois anos de conta de luz gratuitas, com créditos de até R$ 5 mil. Para se qualificar para esse benefício, é necessário ter no mínimo 65 anos, receber o Benefício de Prestação Continuada e estar inscrito no Cadastro Único. Além disso, os consumidores que necessitam do uso constante de aparelhos elétricos por questões de saúde têm a oportunidade de participar de um sorteio para serem selecionados.

Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE)

A Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) é uma iniciativa do Governo Federal que visa auxiliar as famílias de baixa renda a arcar com as contas de energia. Essa iniciativa, implementada pela lei nº 10.430, é financiada pela Conta de Desenvolvimento Energético (CDE) e pelo Programa de Incentivo às Fontes Alternativas de Energia Elétrica (Proinfa). Segundo dados divulgados pela Aneel, cerca de 24 milhões de brasileiros foram beneficiados pelo programa no ano de 2022.

Para se qualificar para a Tarifa Social, é necessário estar inscrito no Cadastro Único e ter uma renda familiar mensal per capita de até meio salário mínimo. No caso de famílias que possuam pessoas com deficiência que dependam de aparelhos elétricos, a renda mensal pode ser de até três salários mínimos.

Os descontos ofertados pela Tarifa Social são cumulativos na categoria de tarifa residencial e seguem os seguintes limites:

  • Consumo mensal entre 0 e 30 kWh: desconto de 65%;

  • Consumo mensal entre 31 e 100 kWh: desconto de 40%;

  • Consumo mensal entre 101 e 220 kWh: desconto de 10%;

  • Acima de 221 kWh: sem descontos.

Como se cadastrar nos programas


Você também pode gostar:

Para se cadastrar no programa “2 Anos Sem Conta” da Cemig, os idosos devem entrar em contato com a distribuidora de energia e verificar a documentação necessária para participar do sorteio. É importante ter em mãos o número do benefício do INSS e o NIS (Número de Identificação Social).

Já para se cadastrar na Tarifa Social, é necessário estar inscrito no Cadastro Único. Caso a família ainda não esteja cadastrada, é possível procurar o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) mais próximo para realizar o cadastro.

Outras opções para economizar na conta de luz

Além dessas iniciativas voltadas para os idosos, existem outras formas de economizar na conta de luz. Veja algumas dicas:

  1. Troque lâmpadas incandescentes por lâmpadas de LED: as lâmpadas de LED consomem menos energia e possuem maior durabilidade.

  2. Desligue aparelhos eletrônicos em standby: mesmo em modo de espera, esses aparelhos consomem energia. Desligá-los por completo pode gerar uma economia significativa.

  3. Utilize a energia solar: investir em painéis solares pode reduzir drasticamente a conta de luz, além de ser uma opção sustentável.

  4. Aproveite a luz natural: sempre que possível, utilize a luz natural durante o dia e evite acender lâmpadas.

  5. Faça manutenção nos aparelhos elétricos: aparelhos desregulados ou com defeitos podem consumir mais energia do que o necessário. Manter a manutenção em dia pode evitar gastos desnecessários.

Aproveite a Oportunidade e Economize

Os idosos têm a oportunidade de garantir descontos ou até mesmo a isenção total da conta de luz através de programas como o “2 Anos Sem Conta” da Cemig e a Tarifa Social de Energia Elétrica. É importante estar atento aos requisitos e realizar o cadastro para usufruir desses benefícios. Além disso, adotar práticas de economia de energia no dia a dia pode contribuir para reduzir ainda mais os gastos com a conta de luz. Aproveite essas oportunidades e economize!



Fonte: Notícias Concursos