A colaboração entre David Bowie e Bob Dylan que nunca existiu… e terminou com um impasse


EUNa música, poucos conseguem chegar ao topo. E quando dizemos o mais alto, queremos dizer ser um dos maiores nomes da música mundial. David Bowie e Bob Dylan são dois deles e tiveram a sorte de serem contemporâneos.

Na verdade, o falecido cantor britânico confessou em diversas ocasiões a sua admiração por Dylanconsiderado por muitos um dos grandes compositores da história da música contemporânea.

Emily Ratajkowski faz Travis Scott implorar por ela em um videoclipe sexy tarde da noite

Tal foi Bowiea admiração de ele até ter dedicado uma música a ele em 1971, intitulada ‘Song for Bob Dylan’.

O britânico considerou Dylana música de ser única e sua capacidade de se reinventar ainda mais. E a verdade é que os dois estiveram muito próximos de trabalharem juntos, embora no final isso nunca tenha acontecido.

Pelo menos era assim que sugeriam rumores na década de 1970, quando se dizia que os dois cantores tiveram alguns encontros. Foi justamente numa entrevista à revista Playboy em 1976 que Bowie confessou a realidade e suas suspeitas sobre Dylanque ele achava que não comprou.

Questionado se os dois se conheceram, o britânico confessou na época: “Isso seria maravilhoso. Eu vi Dylan em Nova York há sete ou oito meses. Não tínhamos muito o que conversar. Não somos grandes amigos. Na verdade, acho que ele me odeia”, desmentindo assim os rumores de que os dois artistas tinham uma relação próxima e passaram algum tempo juntos.

O que aconteceu?

Além do mais, o primeiro encontro não correu como esperado, segundo o próprio Bowie na mesma entrevista.

“Depois de um show fomos à casa de alguém, não me lembro quem íamos ver”, disse Bowie. “Dylan estava lá. Eu era muito falante e conversei com ele por horas e horas.

“A verdade é que não sei se ele achou graça, se eu o assustei ou o repulsei. Não esperei que ele respondesse.”

A música de Bowie e Dylan que nunca existiu

Porém, a verdade é que este episódio não pareceu importar nada para um Bowie que sempre incluiu Dylan entre os seus artistas favoritos.

Anos depois, em 2005, Bowie reconheceu em outra entrevista à BBC que trabalhou com Dylan explorar a opção de um dueto, mas isso nunca aconteceu.

De acordo com Bowie ele mesmo, Dylan até o levantou.

“Eu escrevi muitas coisas com Dylan. A verdade é que é algo que pouca gente conhece”, admitiu. “Uma vez, eu e Dylan íamos fazer um dueto.

“Tínhamos em mente fazer algo no estilo Simon e Garfunkelmas na manhã seguinte, nunca mais ouvi falar dele.”

Portanto, sempre permanecerá a questão de como teria sido essa música entre duas lendas da música.





Fonte: Jornal Marca