Alerta de chuvas para 10 estados nesta segunda, 22. Veja lista completa


A semana vai começar com fortes chuvas em ao menos 10 estados da federação nesta segunda-feira (22). É o que diz o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Por meio de um comunicado publicado no domingo (21), o órgão disse que governos precisam se preparar para os efeitos dos temporais.

Trata-se de um alerta laranja. Este é o segundo alerta dentro da escala utilizada pelo Inmet. Esta é a escala:

  • alerta amarelo (perigo potencial);
  • alerta laranja (perigo);
  • alerta vermelho (grande perigo).

A lista de estados

No nosso caso específico, o alerta que está sendo aplicado é o laranja, que indica para o risco de perigo para chuvas e ventos intensos. Os estados que estão na rota do fenômeno são:

  • Acre;
  • Bahia;
  • Goiás;
  • Mato Grosso;
  • Minas Gerais;
  • Rio de Janeiro;
  • Amazonas;
  • Espírito Santo;
  • Pará;
  • Rondônia.

Nesses estados, o acumulado de chuva pode chegar a 100 mm. Outros 11 estados estão em alerta amarelo nesta segunda-feira (22). Veja na lista abaixo:

  • Distrito Federal;
  • Maranhão;
  • Paraná;
  • São Paulo;
  • Pernambuco;
  • Roraima;
  • Ceará;
  • Mato Grosso do Sul;
  • Piauí;
  • Santa Catarina;
  • Tocantins.

Chuvas pelo Brasil


Você também pode gostar:

O começo do ano de 2024 não tem sido dos mais fáceis para milhões de brasileiros de algumas regiões do país. No Rio de Janeiro, por exemplo, 12 pessoas morreram em decorrência das fortes chuvas que atingiram a capital carioca nos últimos dias. Para além disso, centenas seguem desabrigadas ou desalojadas.

São Paulo também vem enfrentando problemas. Segundo a Defesa Civil local, três pessoas morreram em decorrência das fortes chuvas que atingiram a capital paulista no decorrer do último final de semana. Por todo o Brasil, centenas de pessoas sofrem com os efeitos dos eventos climáticos.

Os problemas, no entanto, não começaram este ano. Em 2023, estados como Rio Grande do Sul, Paraná, Pernambuco, Bahia e Minas Gerais também sofreram com os efeitos das fortes chuvas. Quem não sofreu com as chuvas, certamente sofreu com a seca. No amazonas, por exemplo, o problema foi a grave estiagem, que fez com que rios inteiros secassem.

Milhares de cidades por todas as regiões do país se encontram em situação de emergência ou de calamidade pública. Os motivos são os mais diversos, mas todos eles estão relacionados com os efeitos do clima, seja por conta das fortes chuvas, ou por conta da estiagem intensa em várias unidades da federação.

Alerta de chuva para 10 estados nesta segunda, 22. Veja listaAlerta de chuva para 10 estados nesta segunda, 22. Veja lista
Rio Grande do Sul foi atingido por ciclone no ano passado. Imagem: Marinha do Brasil

Antecipação do Bolsa Família

Usuários do Bolsa Família que residem em cidades que se encontram em situação de calamidade pública não precisam se preocupar com o final dos seus Números de Identificação Social. Para eles, o saldo foi depositado de maneira automática desde a última quinta-feira (18), a data oficial do início das liberações de janeiro.

“A recomendação de Lula é que não deve faltar apoio. Estamos aqui para isso. Se o orçamento não for suficiente, Medida Provisória (MP), como ele fez ano passado, foram mais de 2.000 municípios que viveram essa situação de emergência ano passado”, declarou o ministro da Integração e do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes.

Quem não reside nas cidades que estão em situação de emergência precisará seguir neste mês o calendário oficial de pagamentos.

Abaixo, você pode conferir o detalhamento das datas do Bolsa Família para este mês de janeiro, tomando como base as informações do Ministério do Desenvolvimento Social, Família e Combate à Fome.

  • Usuários com NIS final 1: 18 de janeiro (quinta-feira);
  • Usuários com NIS final 2: 19 de janeiro (sexta-feira);
  • Usuários com NIS final 3: 22 de janeiro (segunda-feira);
  • Usuários com NIS final 4: 23 de janeiro (terça-feira);
  • Usuários com NIS final 5: 24 de janeiro (quarta-feira);
  • Usuários com NIS final 6: 25 de janeiro (quinta-feira);
  • Usuários com NIS final 7: 26 de janeiro (sexta-feira);
  • Usuários com NIS final 8: 29 de janeiro (segunda-feira);
  • Usuários com NIS final 9: 30 de janeiro (terça-feira);
  • Usuários com NIS final 0: 31 de janeiro (quarta-feira).



Fonte: Notícias Concursos