Calendário divulgado para o Auxílio-Gás; descubra quais famílias serão beneficiadas em 2024


O programa do Auxílio-gás, criado pelo Governo Federal, oferece o pagamento de parte do valor de um botijão de gás de 13 kgs para famílias brasileiras em situação de vulnerabilidade social ou econômica. Em 2024, o benefício continuará sendo concedido, alcançando várias famílias em todo o país.

No ano passado, o programa beneficiou aproximadamente 5 milhões de famílias, concedendo o valor total da média nacional do preço de um botijão de gás de 13 kg. Entretanto, para 2024, esse pagamento será reduzido para cerca de 50% do montante anterior.

A inscrição no CadÚnico é necessária para receber o benefício, pois é através desse cadastro que o Governo Federal identifica as famílias aptas a receberem o auxílio.

A seleção das famílias beneficiárias considera as necessidades financeiras de cada uma, destacando a importância da atualização regular do cadastro. O pagamento seguirá sendo efetuado de forma bimestral no próximo ano, a cada dois meses, conforme o calendário do Bolsa Família. O valor é depositado na conta da poupança social do Caixa Tem.

Confira o calendário de pagamento do auxílio-gás em 2024

– Fevereiro: Pagamento iniciado em 16 de fevereiro e encerrado em 29 de fevereiro;
– Abril: Pagamento iniciado em 17 de abril e encerrado em 30 de abril;
– Junho: Pagamento iniciado em 17 de junho e encerrado em 28 de junho;
– Agosto: Pagamento iniciado em 19 de agosto e encerrado em 30 de agosto;
– Outubro: Pagamento iniciado em 18 de outubro e encerrado em 31 de outubro;
– Dezembro: Pagamento iniciado em 10 de dezembro e encerrado em 23 de dezembro.

Pagamento do auxílio

O pagamento do Auxílio Gás segue um cronograma que corresponde ao calendário do Bolsa Família, ocorrendo a cada dois meses. O critério utilizado para determinar o pagamento considera o último dígito do Número de Identificação Social (NIS) do beneficiário, iniciando do número 1 e encerrando no número 0.

Em dezembro, o programa repassou o valor de R$ 104 a cada família, correspondendo ao custo médio de um botijão de gás de cozinha de 13 kg. A Região Nordeste liderou o número de famílias beneficiadas, atingindo 2.600.551 delas, o que resultou em um repasse federal de R$ 270,4 milhões.


Você também pode gostar:

É crucial ressaltar que o número de famílias atendidas pelo programa pode variar devido às flutuações no preço médio do botijão de gás e ao processo regular de Averiguação Cadastral do CadÚnico, realizado pelo Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome (MDS). Este procedimento busca garantir que o benefício alcance aqueles que mais necessitam.

Desde o início do Auxílio Gás, o Governo Federal tem se empenhado para garantir que todas as famílias de baixa renda tenham acesso ao benefício. Tanto quanto permitindo o uso seguro e adequado do gás de cozinha para preparar suas refeições.

Para tanto, a liberação do Auxílio-Gás ocorre a cada dois meses. E para verificar a data de recebimento, é necessário consultar o dígito final do NIS.

Contudo, os projetos sociais do Governo, como Voa Brasil, foram remarcados para 2024. Isso também juntamente com a disponibilização do valor e calendário do Auxílio-Gás 2024 para consulta.



Fonte: Notícias Concursos