Corey Perry assina com nova equipe após ‘incidente movido a álcool’ em novembro


Ccom apenas 14 minutos de patinação por jogo e um escândalo que o colocou nas capas de todos os meios de comunicação esportivos, Corey Perry teve um dos piores anos de sua NHL carreira. Apesar disso, o veterano de 19 temporadas está prestes a assinar novo contrato.

De acordo com Os Quartos Períodos David Pagnotta, Perada estaria em negociações com o Lubrificadores de Edmonton para jogar novamente. A última vez Perada pisou no gelo para um jogo oficial foi em 19 de novembro.

No fim de novembrofoi revelado que o jogador cometeu uma violação do seu contrato e dos estatutos do Blackhawks de Chicago. Após o escândalo, a equipe primeiro o colocou na lista de dispensa e depois rescindiu seu contrato.

Rumores apontavam para um caso com Melanie Bedarda mãe de seu parceiro, sensação novata Connor Bedard. Embora a situação exata nunca tenha sido divulgada, Perada divulgou um comunicado dizendo: “Comecei a trabalhar com especialistas nas áreas de saúde mental e abuso de substâncias para discutir minha luta contra o álcool.”

Uma nova oportunidade para Perry

Perada38 anos, assinou um contrato de um ano no valor de US$ 4 milhões com o Falcões Negros. Agora, de acordo com TSN Frank Seravalli, Perry contrato com o Lubrificadores dificilmente ultrapassaria o NHL salário mínimo de $ 750.000.

O contrato com Edmonton ainda não está fechado, mas o ano de 2007 Copa Stanley vencedor com o Patos de Anaheim vem treinando para voltar à forma e voltar à pista o mais rápido possível.

A carreira de Corey

Depois de 14 anos com Anaheim, Perada teve breves passagens pelo Estrelas de Dallas e Canadiens de Montreal antes de pousar com o Falcões Negros em junho de 2023.

Antes de sua breve partida, Perada foi o jogador ativo mais penalizado no NHL, com 1.392 PIM em 1.273 jogos. Ele também marcou 892 pontos e, com seu retorno, tem a chance de se tornar o 16º jogador ativo a ultrapassar a marca Barreira 900.





Fonte: Jornal Marca