Inscrições no CadÚnico 2024: descubra quem está elegível e saiba como atualizar suas informações


O Cadastro Único (CadÚnico) representa um sistema essencial de cadastramento para famílias em situação de vulnerabilidade social, sendo utilizado como ferramenta de referência para identificar grupos que necessitam de assistência governamental.

Através do CadÚnico 2024, prefeituras, governos estaduais e o poder público federal adquirem a capacidade de conceder salários e benefícios às famílias e cidadãos que demandam auxílio.

Embora o governo federal proporcione a oportunidade de pré-cadastro online no CadÚnico 2024, é crucial ressaltar que a presença física é indispensável.

Os interessados devem comparecer pessoalmente a um Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) em seu município para efetuar a inscrição de todos os membros da família.

Este método permite que o sistema público reconheça a realidade de como vivem as pessoas que compartilham o mesmo endereço, categorizando-as de acordo com sua renda.

Em última análise, este processo garante uma avaliação mais precisa da situação socioeconômica das famílias.

Para esclarecer eventuais dúvidas sobre o Cadastro Único, desenvolvemos um guia completo que aborda tudo o que você precisa compreender sobre o CadÚnico 2024, incluindo as principais mudanças previstas para este ano.

Como proceder para consultar o seu CadÚnico?

CadÚnicoCadÚnico
Diretrizes para a inscrição no CadÚnico 2024 são atualizadas de acordo com o salário mínimo vigente. Imagem: Edital Concursos Brasil.


Você também pode gostar:

Obtenha informações sobre o seu CadÚnico de forma rápida e fácil seguindo uma das opções abaixo:

  • Site do Ministério da Cidadania: acesse o site oficial do Ministério da Cidadania para consultar seu Cadastro Único. Lá, você encontrará informações detalhadas e seguras sobre a situação do seu cadastro;
  • Aplicativo Oficial (App Cadastro Único para Android e iPhone): baixe o aplicativo oficial do Cadastro Único em seu dispositivo Android ou iPhone. Através do aplicativo, você poderá acessar seu cadastro de forma prática e eficiente, garantindo comodidade no processo de consulta;
  • Telefone: 0800 707 2003: caso prefira, entre em contato por telefone ligando para 0800 707 2003. A equipe de suporte estará disponível para auxiliá-lo na verificação da situação do seu Cadastro Único.

Para a opção mais ágil e conveniente, sugerimos a consulta online do CadÚnico, utilizando os seguintes passos:

  1. Primeiramente, acesse o site: aplicacoes.mds.gov.br/sagi/consulta_cidadao/;
  2. Em seguida, selecione a opção “Consulta Cidadão”;
  3. Depois, preencha os campos solicitados, incluindo nome, data de nascimento, nome da mãe, estado e município;
  4. Agora, clique em “Emitir” para verificar a situação atualizada do seu cadastro.

Por fim, vale ressaltar que é muito importante manter seu cadastro sempre atualizado para garantir o recebimento dos benefícios a que você tem direito.

Você pode se interessar em ler também:

Novas diretrizes para o Cadastro Único em 2024: atualizações importantes sobre o Bolsa Família

O relançamento do Bolsa Família em 2024 trouxe consigo uma série de regras atualizadas para o CadÚnico.

Uma mudança significativa é a verificação cadastral, que agora incide sobre famílias com renda informada no CadÚnico igual ou inferior a meio salário mínimo.

Contudo, é importante notar que aquelas cujo recálculo revele renda superior a R$ 651 também serão alvo dessa averiguação.

Em 2023, famílias não beneficiárias com renda familiar por pessoa de até R$ 218 tinham acesso aos benefícios.

Além disso, as famílias unipessoais com renda até meio salário mínimo começaram a receber depósitos do Governo Federal.

Calcular a renda familiar é um processo simples: basta somar todos os ganhos da família e dividir pela quantidade de pessoas que a compõem. Se esse valor for inferior a R$ 218, a família será elegível para programas de assistência social.

Quem pode se inscrever?

O CadÚnico destina-se a famílias em situação de vulnerabilidade social, onde a renda bruta mensal familiar não deve ultrapassar meio salário mínimo por pessoa.

Entretanto, existem exceções, especialmente quando um benefício específico requer a inscrição no Cadastro Único.

Pessoas que moram sozinhas ou em situação de rua também podem se inscrever, ampliando o alcance do programa para abranger uma gama diversificada de necessidades.

Até o momento, não foram divulgados os prazos para as atualizações em 2024. Contudo, tomando como referência o ano anterior, o governo estabeleceu um período de 60 dias a partir de abril para que os beneficiários realizassem a atualização de suas informações.

O prazo foi encerrado em 16 de junho, destacando a importância de os beneficiários se manterem atentos às futuras comunicações oficiais.

Durante esse processo, algumas recomendações foram fornecidas pelo governo para garantir uma atualização eficiente no Cadastro Único (CadÚnico) ou nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS).

Entre essas diretrizes, destaca-se a necessidade de designar um membro responsável pela família, preferencialmente uma mulher.

O membro designado deve atender aos seguintes critérios: ter pelo menos 16 anos de idade e residir na mesma casa que os demais membros da família. Além disso, é imprescindível apresentar o CPF ou Título de Eleitor do responsável designado.



Fonte: Notícias Concursos