MEC anuncia distribuição de vagas do Sisu por estado. Veja lista completa


Dentro de mais alguns dias, o Ministério da Educação (MEC) deverá abrir as inscrições para o chamado Sistema de Seleção Unificada (Sisu). Nesta terça-feira (9), a pasta divulgou mais alguns detalhes sobre o processo de seleção, e confirmou que 264 mil vagas serão ofertadas para esta modalidade de admissão este ano.

Entre outros pontos, o Ministério divulgou a tão esperada distribuição de vagas do Sisu por região e também por estado. De acordo com a pasta, o Nordeste será a área do país mais contemplada com vagas, já que 45% delas serão abertas nesta região.

Distribuição do Sisu por região

Na tabela abaixo, é possível conferir como o governo federal decidiu distribuir as vagas do Sisu por região. Como dito, o Nordeste vai receber a maior parte das vagas destinadas ao processo este ano:

Região 

Número de vagas  

% 

Centro-Oeste 

21.102 

8% 

Nordeste 

118.985 

45% 

Norte 

10.122 

4% 

Sudeste 

83.499 

32% 

Sul 

30.652 

12% 

Total 

264.360 

100% 

MEC anuncia distribuição de vagas do Sisu por estado. Veja lista completaMEC anuncia distribuição de vagas do Sisu por estado. Veja lista completa
Nordeste abocanhou maior parte das vagas. Imagem: Reprodução

Distribuição das vagas por estado

Agora, você pode conferir como ficou a distribuição de vagas do Sisu por estados. Neste caso, os destaques ficam para o Rio de Janeiro e para Minas Gerais, que deverão contar com 12,8% e 11,1% das vagas respectivamente. Na tabela abaixo, você pode conferir como ficou a distribuição em todas as unidades da federação:

UF 

Número de vagas 

% 

AC 

2.300 

0,9% 

AL 

7.558 

2,9% 

AM 

2.749 

1% 

AP 

664 

0,3% 

BA 

23.877 

9% 

CE 

13.478 

5,1% 

DF 

1.322 

0,5% 

ES 

6.933 

2,6% 

GO 

6.828 

2,6% 

MA 

7.934 

3% 

MG 

33.744 

12,8% 

MS 

4.430 

1,7% 

MT 

8.522 

3,2% 

PA 

2.495 

0,9% 

PB 

21.673 

8,2% 

PE 

15.011 

5,7% 

PI 

10.705 

4% 

PR 

9.245 

3,5% 

RJ 

29.393 

11,1% 

RN 

12.677 

4,8% 

RO 

0 

0% 

RR 

768 

0,3% 

RS 

15.499 

5,9% 

SC 

5.908 

2,2% 

SE 

6.072 

2,3% 

SP 

13.429 

5,1% 

TO 

1.146 

0,4% 

Total 

264.360 

100% 

 


Você também pode gostar:

“Conforme o Edital n. 22/2023, os interessados em tentar uma vaga em instituições públicas de educação superior em 2024 devem se inscrever entre 22 e 25 de janeiro, por meio do Portal Único de Acesso ao Ensino Superior. Os resultados do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2023, usados na seleção, serão divulgados em 16 de janeiro, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)”, disse o Ministério da Educação.

Apenas uma entrada no Sisu

O Ministério da Educação anunciou recentemente que o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) vai contar em 2024 com apenas uma edição. A ideia é acabar com a segunda seleção, que normalmente acontecia no meio do ano. Agora, o plano é manter apenas a inscrição de janeiro.

Por meio desta etapa que será realizada no início do ano, todos os candidatos poderão usar a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano de 2023 para concorrer a cursos com aulas que devem ser iniciadas tanto no primeiro, como também no segundo semestre do ano de 2024.

Segundo o Ministério, alguns pontos devem estar claros na cabeça dos candidatos:

  • as vagas serão preenchidas pelas instituições exclusivamente segundo a ordem de classificação dos candidatos, de acordo com as notas obtidas no Enem 2023; 
  • o candidato não poderá escolher em qual semestre vai ingressar, porque isso dependerá da sua classificação no curso pretendido, mas concorrerá às vagas do ano inteiro com uma única inscrição; e 
  • todos os candidatos selecionados dentro das vagas disponíveis para a chamada regular deverão realizar a matrícula na universidade no período indicado no edital.  

Abaixo, você pode conferir o cronograma detalhado da edição de 2024 do Sisu:

  • Inscrições: de 22 a 25 de janeiro de 2024
  • Resultados da 1ª chamada: 30 de janeiro de 2024
  • Matrículas: 1º a 7 de fevereiro de 2024
  • Participação na lista de espera: manifestar interesse entre 30 de janeiro e 7 de fevereiro de 2024
  • Resultado das listas de espera: datas serão definidas por cada universidade.

Crescimento no Enem 2023

O Exame Nacional do Ensino Médio de 2023 conseguiu reverter a tendência de queda no número de inscrições que vinha se observando nos últimos anos.

Dados oficiais divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) revelaram que em 2023, cerca de 3,9 milhões de pessoas se inscreveram para a realização do Enem. O número é 13,1% maior do que o número de 2022. Em termos totais, estamos falando de um crescimento de pouco mais de 500 mil candidatos.



Fonte: Notícias Concursos