Metade dos cargos nos concursos tribunais serão destinados às mulheres; Entenda!


Veja as mudanças dos concursos tribunais

Os concursos tribunais poderão trazer maiores oportunidades para as mulheres. Conheça as recomendações e entenda tudo a seguir.

Saiba mais.

Inclusão nos Concursos Tribunais

Em dezembro de 2023, o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) adotou medidas significativas para ampliar a diversidade e promover a equidade nos Concursos Tribunais, através da aprovação de duas resoluções inovadoras.

Empoderando Mulheres em Funções Administrativas

A primeira resolução estabelece que 50% das vagas em funções administrativas sejam reservadas para mulheres. Esta cota abrange diversos cargos, desde juízes auxiliares até posições de chefia e participação em eventos. Prevê-se que essa medida entre em vigor a partir de março de 2024, representando um avanço notável na promoção da igualdade de gênero na carreira de magistrado.

Diretrizes para Cotas Raciais dos concursos tribunais 

A segunda resolução, com implementação prevista para abril, foca nas diretrizes para o funcionamento das bancas de heteroidentificação, responsáveis pela aplicação das cotas raciais nos concursos tribunais. Essa medida visa garantir um processo mais transparente e eficiente na avaliação da autodeclaração racial dos candidatos.


Você também pode gostar:

Resoluções Anteriores do CNJ

Além dessas resoluções, o CNJ já havia adotado outras medidas visando aumentar a diversidade e facilitar o acesso de grupos minoritários aos serviços públicos.

Em setembro, por exemplo, foi implementada a resolução da alternância de gênero. Tribunais com menos de 40% de juízas de carreira devem criar listas exclusivas de mulheres para o preenchimento de vagas, usando como critério o merecimento.

Outra iniciativa relevante foi a criação de um exame nacional destinado aos juízes, composto por 50 questões. A nota de corte, para candidatos negros e indígenas, foi estabelecida em 50%, enquanto para a ampla concorrência, a nota exigida é de 70%. Essa abordagem busca assegurar uma seleção mais inclusiva e justa, alinhada aos princípios de diversidade e igualdade no sistema judiciário brasileiro.

Metade dos cargos nos concursos tribunais serão destinados às mulheres; Entenda!Metade dos cargos nos concursos tribunais serão destinados às mulheres; Entenda!
Metade dos cargos nos concursos tribunais serão destinados às mulheres; Entenda! Imagem: Reprodução

Concursos Tribunais

No contexto dos concursos públicos, os Tribunais de Contas se destacam como opções atrativas, oferecendo estabilidade e remunerações competitivas. Vamos explorar as previsões e oportunidades mais recentes nesse cenário, destacando cada instituição.

Tribunal de Contas da União (TCU)

Em fase de previsão, o TCU é aguardado com grande expectativa. As vagas para o cargo de Auditor, que exige nível superior, prometem uma remuneração inicial de R$ 21,9 mil.

Tribunal de Contas do Pará (TCE PA) e concursos Tribunais 

Já em processo avançado, o TCE PA formou comissão para seu próximo concurso. Com 50 vagas, os cargos e a banca examinadora ainda serão definidos, mas as oportunidades contemplam níveis médio e superior, com salários podendo atingir R$ 8.558,28.

Tribunal de Contas do Estado de Goiás e editais

Com comissão formada, o TCE GO escolheu a Fundação Getúlio Vargas (FGV) para organizar o certame. São 52 vagas para o cargo de Analista de Controle Externo, com salários iniciais atraentes de R$ 11.335,32. Veja mais sobre os concursos Tribunais.

Tribunal de Contas do Estado do Paraná 

Anunciado para 2024, o TCE PR promete vagas para o cargo de Auditor de Controle Externo, com diversas especialidades. O salário inicial é robusto, atingindo R$ 22.460,20, somado a benefícios.

Tribunal de Contas do Estado do Rio de Janeiro (TCE RJ)

A comissão formada no TCE RJ sinaliza boas oportunidades para o cargo de Auditor de Controle Externo, com 40 vagas e salários iniciais podendo alcançar R$ 18.159,45.

Tribunal de Contas do Distrito Federal e concursos Tribunais 

Previsto, o TCDF oferecerá oportunidades para Analista, Auditor e Procurador, todos exigindo nível superior.

Tribunal de Justiça e demais concursos Tribunais 

Com a banca FGV definida, o TJ RR oferecerá 60 vagas nos cargos de Técnico e Analista Judiciário, abrangendo níveis médio e superior, com salários de até R$ 10.099,40.

Diante dessa perspectiva, é essencial que os interessados estejam atentos às atualizações, pois a preparação antecipada e o conhecimento detalhado de cada certame são fatores cruciais para o sucesso nesse competitivo universo dos concursos públicos. Veja mais sobre os concursos Tribunais.

Tribunal de Justiça do Mato Grosso do Sul 

No coração do Brasil, o TJ MS já publicou o extrato de contrato, indicando um concurso iminente.

Sob a organização da Fundação Getúlio Vargas (FGV), as oportunidades abrangem os cargos de Técnico de Nível Superior e Analista Judiciário, ambos demandando formação de nível superior. Com a oferta de cadastro reserva e salários iniciais de até R$ 8.108,22, conforme o último edital, o certame promete ser uma atração para os candidatos mais ambiciosos.

Veja mais aqui



Fonte: Notícias Concursos