Sean Brady x Vicente Luque eliminado da luta principal do UFC Atlantic City


O próximo card do UFC Atlantic City, no dia 30 de março, precisa de um novo evento principal.

O confronto dos meio-médios entre Sean Brady e Vicente Luque foi retirado do card e ainda não há informações sobre um possível substituto para o retorno do UFC a Nova Jersey.

Várias fontes confirmaram a notícia ao MMA Fighting na quarta-feira, após um relatório inicial de Harry Mac no Twitter

Apesar do anúncio que foi feito sobre a luta servir como luta principal, fontes disseram ao MMA Fighting que Brady nunca assinou um acordo de luta, pois ainda estava lesionado após a recente vitória sobre Kelvin Gastelum.

Brady abordou a situação no Instagram.

“Para todos que ficam me perguntando sobre o dia 30 de março, infelizmente não lutarei contra Vicente Luque”, escreveu Brady. “Só preciso de um pouco mais de tempo para deixar uma lesão persistente sarar completamente. Estarei pronto para ir no final de abril e início de maio, se ele não entrar no adversário, podemos remarcar.”

Com Brady ainda lesionado, ele não poderá competir em março e ainda não se sabe se Luque permanecerá no card contra um novo adversário ou não. Brady nasceu nas proximidades da Filadélfia, então ele foi uma atração local no retorno do UFC a Atlantic City pela primeira vez em quase seis anos.

O co-evento principal do card apresenta a luta de um potencial desafiante número 1 no peso mosca, enquanto Erin Blanchfield, natural de Nova Jersey, enfrenta Manon Fiorot. Não está claro se essa luta poderá ser adiada para o evento principal ou se o UFC tentará marcar um novo confronto.

Card do UFC Atlantic City acontece no Boardwalk Hall no dia 30 de março





Fonte: mma fighting