Tony Ferguson passa por uma cirurgia no joelho devido a lesão sofrida antes da luta com Paddy Pimblett


Tony Ferguson pode ter estado menos de 100 por cento em sua luta mais recente.

O ex-campeão interino do UFC revelou nas redes sociais que sofreu uma ruptura no ligamento colateral medial duas semanas antes do Dia de Ação de Graças, o que teria acontecido menos de um mês antes de sua luta no UFC 296 com Paddy Pimblett em 16 de dezembro. , enviando “El Cucuy” para sua sétima derrota consecutiva.

Veja a postagem de Ferguson no Instagram abordando a lesão abaixo.

“Foda-se minha merda durante uma sessão de treino, ruptura do MCL”, escreveu Ferguson em uma legenda. “Eu guardei isso para mim e deixei isso para trás até depois da luta. Treinei como ninguém sabia, dói muito. Três semanas antes da hora da luta, contei a alguns membros da minha tripulação. Nada mudou.

“Recentemente cuidei da minha perna (meu ligamento colateral medial) e fiz uma cirurgia na quinta-feira passada, uma semana depois da cirurgia no cotovelo/braço (ambas artroscopias). Pensei em terminar os dois e dobrar. Acabei com isso para que eu possa fazer o que faço de melhor. Além da raiva é um eufemismo. Não sinto desespero, apenas conserto.”

Ferguson, 39 anos, mostrou sinais de ser um competidor de alto nível, mas não conseguiu sobreviver a Pimblett em três rounds. Após sua derrota mais recente, Ferguson não deu nenhuma indicação de que planeja se aposentar, apesar do CEO do UFC, Dana White, dizer que “adoraria” ver Ferguson encerrar sua carreira.



Fonte: mma fighting