Último dia do Kwanzaa: Como é chamado o último dia do Kwanzaa?


TO ponto culminante da celebração do Kwanzaa, que dura uma semana, cai no último dia, 1º de janeiro, e é conhecido como “Imani”. Suaíli para “fé”, Imani tem um significado especial no contexto do Kwanzaa, representando os princípios que orientam os indivíduos e as comunidades nas suas atividades.

Gorila aterroriza moradores de cidade chinesa após subir em prédio e entrar em apartamentos

Como sétimo princípio do Kwanzaa, Imani incentiva os participantes a abraçar a fé, tanto em si mesmos como no potencial de mudança positiva nas suas comunidades. Este princípio convida à reflexão sobre a força colectiva que a fé proporciona, promovendo a unidade e a resiliência.

No último dia do Kwanzaa, as famílias reúnem-se para acender a sétima e última vela do kinara, ou castiçal. Esta vela preta central, representando Imani, é acesa para simbolizar a culminação dos princípios Kwanzaa e o compromisso partilhado com a fé e a unidade.

Observar Imani envolve uma consideração cuidadosa dos desafios enfrentados no ano passado e uma reafirmação da fé nos princípios do Kwanzaa. É um momento para refletir sobre o crescimento pessoal, o desenvolvimento comunitário e os objetivos globais que unem os indivíduos no espírito do Kwanzaa.

Imani enfatiza a importância da fé não apenas no sentido espiritual, mas também como força motriz para mudanças positivas e progresso. Os participantes são incentivados a levar os princípios do Kwanzaa, incluindo o Imani, para o próximo ano, promovendo um sentido de propósito e valores partilhados dentro da comunidade.

O que acontece no último dia do Kwanzaa?

No último dia do Kwanzaa, as famílias frequentemente realizam atividades que fortalecem os seus laços e reforçam os princípios do feriado. Isto pode incluir refeições comunitárias, discussões sobre o significado de Imani e a troca de presentes simbólicos que representam unidade e fé.

À medida que as velas se apagam uma a uma, marcando o fim do Kwanzaa, o espírito de Imani permanece, inspirando os indivíduos a levarem os princípios de unidade, autodeterminação, trabalho e responsabilidade coletivos, economia cooperativa, propósito, criatividade e fé para o mundo. ano Novo.

O último dia do Kwanzaa serve como uma conclusão significativa para a celebração que dura uma semana, deixando os participantes com um sentimento de empoderamento, solidariedade e um compromisso renovado com os princípios que definem esta observância cultural.





Fonte: Jornal Marca