Jake Paul anuncia a data do próximo evento e rejeita a frase de destaque de Tony Ferguson: ‘Isso seria triste’


Jake Paul permanecerá ocupado em 2024.

Saindo de uma vitória por nocaute sem intercorrências sobre Ryan Bourland no último sábado em Porto Rico, Paul (9-1, 6 KOs) já anunciou a próxima data do evento Most Valuable Promotions e potencialmente sua próxima caminhada até o ringue.

“Estamos baaaaaaaacck… sexta-feira, 26 de abril”, escreveu Paul nas redes sociais. Ainda não se sabe se Paul irá boxear ele mesmo esse cartão.

O tweet também pode ser uma nova data para a próxima luta de Amanda Serrano. O card de sábado seria encabeçado por Serrano defendendo o título dos penas em seu país contra Nina Meinke, mas a campeã foi forçada a desistir devido a uma lesão no olho. A gerente Nakisa Bidarian disse que a lesão ocorreu quando uma substância química entrou no olho de Serrano enquanto arrumava seu cabelo antes da luta.

Em vez disso, Paul foi a atração principal do card e finalizou um Bourland superado na rodada de abertura.

Na coletiva de imprensa pós-luta de sábado, Bidarian disse que os torcedores que compareceram ao evento têm direito ao reembolso integral. Ele acrescentou que não tem certeza se Serrano será remarcado contra Meinke sempre que a campeã estiver pronta para lutar novamente e que o sonho dela é que sua última luta seja em Porto Rico, seja na próxima luta ou em algum momento no futuro.

Paul foi questionado se ainda planeja competir no MMA. Atualmente ele está vinculado ao PFL e disse que está aberto a enfrentar um adversário do UFC se ele tiver liberdade para negociar.

“Qualquer um que conseguir rescindir o contrato, eu lutarei”, disse Paul. “Para mim é um trabalho fácil, mas quero fazer uma luta de MMA no PFL. Só tem que ser o adversário certo, mas Nate [Diaz] evitei minha oferta de US$ 15 milhões, então veremos quem mais está em risco.”

Um nome oferecido a Paul foi o do veterano dos leves Tony Ferguson. “El Cucuy”, atualmente em uma seqüência de sete derrotas consecutivas, disse recentemente no JAXXON podcast que ele “adoraria” lutar contra Paul.

Dado o mau estado de forma do jogador de 40 anos recentemente, Paul está rejeitando a oferta.

“Tony Ferguson, ele disse que queria lutar?” Paulo disse. “Eu não quero vê-lo sair assim. Isso seria triste. Ele é um cara legal, não queremos isso para Tony.”





Fonte: mma fighting