Anthony Joshua escolhe seu vencedor para a polêmica luta entre Mike Tyson e Jake Paul


Anthony Joshua recentemente opinou sobre a luta de exibição Mike Tyson x Jake Paul que vem ganhando muitas manchetes devido à natureza dos boxeadores, o lendário “Iron” Mike Tyson tentará se mover como seus dias de glória aos 58, enquanto o Jake Paul, de 27 anos, tem feito lutas de exibição constantemente depois que saltou do YouTube para o ringue, e está tentando se firmar como um lutador certificado.

Anthony Joshua prevê o vencedor da luta Mike Tyson x Jake Paul

Jake Paul dá uma dura no rapper Lil Pump antes de lutar contra Mike Tyson: Eu senti como se estivesse morrendoX

Anthony Joshua refletiu sobre sua escolha entre os dois com sentimentos confusos “[Tyson] está mais velho agora, rezo para que ele saia saudável, acho que Jake Paul [wins] por causa da juventude, essa é a única coisa.

Ao ser entrevistado no Joshua disse no The Jonathan Ross Show esta semana e elaborou “Eu pessoalmente acho que é muito bom. Acho que os hardcores do boxe não gostam disso, porque pensam: ‘Por que estão desrespeitando nosso esporte?

Ao mesmo tempo que adiciona “Mas eu acho que [influencer] traz todas essas pessoas para o boxe, o que beneficia todos os outros. Todo mundo vendo ajuda.”

Muito se tem falado sobre como o Mike Tyson x Jake Paul A luta também está inovando por ser o primeiro evento esportivo ao vivo da Netflix, e alguns empresários do entretenimento como Dana White acreditam que já era hora de mergulharem na transmissão de esportes ao vivo.

Chefe do UFC, Dana Branco opinou sobre o que significava para a Netflix entrar agora no jogo de esportes ao vivo: “Acho que eles estão atrasados ​​para o jogo, mas são uma força. Eles são uma força, cara.” Ao afirmar “Acho que a Netflix deveria ter entrado no esporte ao vivo anos atrás”.

Jake Paulo lutou recentemente Ryan Bourland e ergueu o braço vitoriosamente depois de ter lutado e perdido para Tyson Fury irmão, Fúria de Tommyenquanto isso, Tyson lutou apenas uma vez em 2020 desde sua aposentadoria em 2005.





Fonte: Jornal Marca