A lenda dos Cowboys alerta sobre mudanças drásticas na atmosfera do vestiário de Dallas com a chegada de Zimmer


Fvermes Vaqueiros Membro do hall da fama, DeMarcus Wareemitiu um alerta aos jogadores atuais sobre o iminente “choque cultural” que eles podem experimentar com Mike Zimmer a bordo. Zimmer, o ex- Minnesota Vikings treinador principal, deverá trazer uma mudança significativa na atmosfera da organização dos Cowboys, de acordo com Ware.

Em entrevista, Ware enfatizou que a influência de Zimmer não se limitará apenas ao campo de treino e aos jogos, mas também se estenderá ao vestiário e às atividades fora do campo. “Com Zimmer, a atmosfera dos Cowboys vai mudar”, disse Ware. “Não apenas no campo de treino e nos jogos, isso vai mudar no vestiário e em quem lidera, quem controla o time e o que fazemos em nosso tempo livre”.

Ware elaborou ainda mais as mudanças que os jogadores podem esperar sob a liderança de Zimmer. Ele destacou que as atividades de lazer, como jogar sinuca ou fliperama e cortar o cabelo, ficarão em segundo plano, abrindo caminho para uma abordagem mais focada e disciplinada.

“Não estamos jogando sinuca, não estamos jogando fliperama, não estamos cortando o cabelo; estamos estudando cinema e todo mundo está lá ao mesmo tempo, podemos comer um donut de vez em quando, mas é tudo sobre futebol quando se trata de Zimmer”, explicou Ware.

Zimmer exigirá comprometimento total, sem distrações permitidas

O aviso do ex-linebacker esclarece a forte ênfase de Zimmer na dedicação ao jogo e em uma abordagem sensata à conduta do jogador. Seus comentários indicam que sob a liderança de Zimmer, os Cowboys priorizarão um ambiente centrado no futebol, onde se espera que os jogadores estejam totalmente comprometidos com seu trabalho dentro e fora do campo.

A história de Zimmer com os Cowboys acrescenta peso à mensagem de advertência de Ware. Tendo atuado como técnico de defesa do Dallas de 1994 a 1999, Zimmer conhece bem a organização. Seu retorno aos Cowboys, desta vez como uma figura-chave em uma função de liderança, está prestes a marcar uma mudança significativa no espírito e na dinâmica operacional da equipe.

Enquanto os Cowboys se preparam para esta transição, as palavras de Ware servem como uma visão valiosa para os jogadores atuais, proporcionando-lhes uma ideia do que podem esperar sob a liderança de Zimmer. O iminente “choque cultural” não é apenas uma mudança no estilo de treino, mas uma transformação na própria estrutura da identidade da equipa.





Fonte: Jornal Marca