Paddy Pimblett manda aviso para ‘merda de ser humano’ Bobby Green antes do UFC 304


Paddy Pimblett não gosta muito de Bobby Green.

No dia 27 de julho, Pimblett enfrenta Green na luta principal do UFC 304, em Manchester, na Inglaterra. É uma luta que Green pediu após vencer Jim Miller no UFC 300, e antes do confronto, “King” já desligou a conversa fiada, chamando Pimblett de “pirralho mimado” e dizendo que ele precisa “calar a boca”. ** acima.”

Bem, Pimblett não está ouvindo.

“Vou ser honesto, eu queria lutar [Renato] Moicano”, disse Pimblett A vida do Mac. “Eu queria lutar [the guy] ficou em 10º lugar. Moicano é engraçado. Teríamos uma boa preparação. Bobby Green é apenas um sino. … Ele é uma ferramenta adequada. Ele é uma arma adequada. Ele é. O mais engraçado é que ele diz: ‘Ele me mencionou.’ Eu não mencionei você! Você me mencionou primeiro. Então eu mencionei você, sua salsicha.

“Ele é apenas uma ferramenta adequada. Eu acho que ele é um ser humano de merda. Ele é um verdadeiro idiota. Dizendo que mencionei ele primeiro, ele está apenas mentindo. Por que eu mencionaria você? Por que eu mencionaria Bobby Green?”

Só porque Pimblett não gosta dele, não significa que o nativo de Liverpool pense que Green é uma vitória fácil. “The Baddy” reconhece as habilidades de Green, mas acredita que o lutador de 37 anos está um pouco ansioso para o confronto.

“Ele tem uma trocação muito boa”, admitiu Pimblett. “Ele tem boas mãos. Mas seu queixo sumiu depois do que aconteceu com Jalin Turner. Jim Miller não é um nocauteador e ele o balançou uma ou duas vezes naquela luta no UFC 300. Acho que Jalin Turner destruiu totalmente o crânio de Bobby Green na tela. Então como eu falei, a trocação dele é muito boa, a defesa de quedas é boa, e é isso que ele vai tentar fazer, usar a defesa de quedas e ficar em pé, porque ele acha que vai me superar. Mas como eu disse, o queixo dele sumiu. Então ataque comigo, você verá o que acontece.

“Eu posso me ver nocauteando ele, posso me ver finalizando. Tenho certeza de que alguém disse que nunca foi submetido, então seria bom, para ser justo. A primeira pessoa a enviar Bobby Green.”

Na verdade, Green foi finalizado duas vezes em sua carreira, mas não desde uma disputa de meio-médio em 2009. Agora o 15º colocado no ranking dos leves do UFC, Green é o teste mais difícil de Pimblett até o momento e representa sua chance de passar para o ranking de contendores legítimos. E se fizer o que manda no UFC 304, Pimblett acredita que continuará subindo no ranking com o confronto que queria originalmente, contra o décimo colocado Renato Moicano.

“Se eu vencer Bobby e ficar em 15º lugar, ou o que quer que aconteça com a classificação até então, Moicano ainda estará algumas posições acima de mim”, disse Pimblett. “Eu só acho que a preparação para essa luta também será ótima. Moicano é engraçado. Ele é um ótimo grappler, eu sou um ótimo grappler, acho que acabaríamos apenas brigando em pé.”



Fonte: mma fighting