Capitão do México, Edson Álvarez, lesionado na estreia da Copa América


O capitão do México, Edson Álvarez, será submetido a exames nos próximos dias, após ter sido forçado a se ausentar devido a uma lesão no primeiro tempo da vitória de seu time na Copa América sobre a Jamaica, no sábado, no NRG Stadium, em Houston.

Depois de correr de volta durante um contra-ataque da Jamaica, o meio-campista do West Ham de repente caiu no chão com dores, apertando o tendão da coxa esquerda.

Álvarez teve que ser ajudado a sair do campo com dores óbvias e estava visivelmente perturbado com a partida e, potencialmente, com o torneio, que chegou ao fim em menos de 30 minutos.

“Com Edson, vamos esperar alguns dias para fazer um exame e saber bem o que ele tem”, disse o técnico do México, Jaime “Jimmy” Lozano, em entrevista coletiva após o jogo. “Obviamente, como acontece com qualquer outro jogador, a intenção é não arriscar nada. Ele sentiu algo na perna.”

No jogo de abertura de ambas as equipes na competição, Michail Antonio pareceu colocar a Jamaica na frente com uma cabeçada de curta distância aos 50 minutos, mas o gol foi anulado por impedimento após uma análise de vídeo.

O México garantiu uma vitória por 1 a 0, graças ao chute de Gerardo Arteaga aos 69 minutos, na entrada da área.

“Não é fácil recuperar e manter o equilíbrio depois da saída tão rápida do seu capitão… mas parece-me que a equipa se estabilizou rapidamente”, acrescentou Lozano.

Em declarações na sexta-feira, Álvarez afirmou que ficou “arrepiado” com a ideia de ser capitão do México pela primeira vez em um grande torneio.

Álvarez é uma figura experiente e importante em uma jovem seleção mexicana que está passando por uma mudança de geração sob o comando de Lozano na Copa América. Desde sua estreia pelo México em fevereiro de 2017, apenas Jesús Gallardo disputou mais partidas pelo El Tri do que os 80 de Álvarez.

Ele também jogou mais minutos pelo México do que qualquer outro jogador desde que Lozano assumiu o comando no ano passado.

O próximo jogo do México será contra a Venezuela – que derrotou o Equador por 2 a 1 na outra partida do Grupo B do dia – em Inglewood, Califórnia, na quarta-feira. O grupo termina no dia 30 de junho, quando o México enfrenta o Equador em Glendale, no Arizona.

Informações da Associated Press contribuíram para este relatório.



Fonte: Espn